Assine Já
domingo, 13 de junho de 2021
Região dos Lagos
21ºmax
17ºmin
Alerj
Alerj
TEMPO REAL Confirmados: 42533 Óbitos: 1631
Confirmados Óbitos
Araruama 10478 329
Armação dos Búzios 5144 57
Arraial do Cabo 1486 81
Cabo Frio 11320 600
Iguaba Grande 4350 105
São Pedro da Aldeia 5809 254
Saquarema 3946 205
Últimas notícias sobre a COVID-19
febre amarela

Prefeitura de São Pedro faz prevenção contra febre amarela

Município está em alerta por conta de surto em cidades mineiras e paulistas

25 janeiro 2017 - 14h36Por Redação
Prefeitura de São Pedro faz prevenção contra febre amarela

A Secretaria de Saúde de São Pedro da Aldeia está tomando providências de vigilância para prevenir a febre amarela no município. Com o surto da doença em algumas cidades mineiras e paulistas, as autoridades aldeenses estão realizando a prevenção de acordo com as determinações estaduais.

Segundo o Ministério da Saúde, não há recomendação de vacinação indiscriminada da população em todo o estado. A vacina é indicada somente para indivíduos que viajarão para áreas com transmissão comprovada da doença. Pessoas que tenham viagens programadas para áreas endêmicas devem ser vacinadas com pelo menos dez dias de antecedência.

Para dar continuidade à prevenção, a orientação estadual é para que os municípios intensifiquem a vigilância por meio de todo evento suspeito, visando à detecção precoce e resposta coordenada dos serviços de saúde pública. O diagnóstico laboratorial de suspeitas é feito a partir de amostras de sangue, soro ou vísceras (fígado, rim, baço, coração e pulmão).

A febre amarela é uma doença aguda, não contagiosa, de curta duração (no máximo 12 dias), cuja letalidade varia de 5 a 10% nos casos sem qualquer sintoma, podendo chegar a 50% nos casos graves (aqueles que evoluem com icterícia e hemorragias). O estado do Rio de Janeiro não se configura como região endêmica para febre amarela, não tendo sido identificado casos da doença nas últimas décadas.