Assine Já
quarta, 27 de outubro de 2021
Região dos Lagos
24ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52450 Óbitos: 2151
Confirmados Óbitos
Araruama 12382 441
Armação dos Búzios 6530 73
Arraial do Cabo 1736 93
Cabo Frio 14792 880
Iguaba Grande 5486 140
São Pedro da Aldeia 6993 289
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
FLEXIBILIZAÇÃO À VISTA

Prefeitura de São Pedro e empresários se aproximam de acordo para reabertura de comércio

Partes devem firmar protocolo de intenções para tomada de medidas sanitárias preventivas nesta sexta-feira (27)

26 março 2020 - 21h27Por Redação

Um protocolo de intenções, com o comprometimento formal dos comerciantes em cumprir medidas de segurança sanitárias preventivas ao contágio do coronavírus, pode ser a solução para a reabertura do comércio em São Pedro da Aldeia. Nesta quinta-feira (26), o prefeito Cláudio Chumbinho, juntamente com alguns secretários do Gabinete de Crise para enfrentamento da COVID-19, se reuniu com empresários da Associação Comercial e do Clube de Diretores Lojistas da cidade – Aciaspa/CDL. Uma nova reunião está agendada paraesta sexta-feira (26), no gabinete do prefeito, às 10 horas, para consolidar o assunto.

Embora até a data de hoje São Pedro da Aldeia não tenha nenhum caso confirmado de coronavírus, em cumprimento ao Decreto nº 26, o funcionamento do comércio de produtos e serviços não considerados essenciais está proibido no município. A medida, que segue as determinações do Governo do Estado, visa evitar aglomerações e garantir que empresários, comerciários e cidadãos estejam menos expostos à doença.

O presidente da Aciaspa/CDL, José Pereira Lima Filho, que foi à reunião acompanhado do diretor financeiro da instituição, Renato Batista Mello, levou ao governo municipal a preocupação da classe empresarial sobre o impacto do fechamento do comércio na economia local. “Concordamos que em primeiro lugar devemos preservar a vida, mas não podemos deixar uma cidade como São Pedro da Aldeia, reconhecida pelo seu desenvolvimento empresarial, ter a sua economia ameaçada. A reunião de hoje foi muito proveitosa, saímos daqui com a missão de organizarmos, junto à nossa classe, um documento que reúna sugestões e até um guia de conduta do comércio, para podermos retomar as nossas atividades de forma ordenada, segura e responsável”, afirma Lima Filho.

Diálogo

O prefeito Cláudio Chumbinho destacou a importância do diálogo e a cooperação mútua com os empresários na busca de soluções. “Nós não estamos medindo esforços para evitar que o vírus chegue à nossa cidade. Para reabrir o comércio, precisamos que essa decisão seja tomada em comum acordo com os comerciantes, pois as medidas preventivas que forem ajustadas precisam ser seguidas, sob o risco de comprometermos a saúde coletiva”, pondera o prefeito.

Hoje à tarde, integrantes da Aciaspa/CDL participam de uma videoconferência com a federação da classe para discutir medidas que podem ajudar a entidade a redigir o protocolo de intenções que será encaminhado à prefeitura. O documento deverá listar as ações preventivas que o comércio se propõe a cumprir, levando em consideração a segurança sanitária de seus funcionários e clientes. “Por isso, pedimos ao empresariado aldeense que faça contato com a Aciaspa/CDL para dar sugestões. Os comerciantes precisarão assinar esse protocolo, pois quem não se enquadrar nessas novas medidas cooperativas, não poderá abrir seu estabelecimento”, adverte José Pereira.

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.