Assine Já
sábado, 19 de setembro de 2020
Região dos Lagos
31ºmax
19ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7728 Óbitos: 407
Confirmados Óbitos
Araruama 1514 100
Armação dos Búzios 468 10
Arraial do Cabo 215 13
Cabo Frio 2528 136
Iguaba Grande 640 34
São Pedro da Aldeia 1213 50
Saquarema 1150 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
Cabo Frio

Prefeitura propõe reparcelar dívidas de 2015 e 2016 em 10 meses

Educação, Guarda e aposentados não fazem parte da proposta elaborada pelo governo

12 junho 2017 - 17h06Por Redação I Foto: Divulgação
Prefeitura propõe reparcelar dívidas de 2015 e 2016 em 10 meses
O prefeito Marquinho Mendes enviou ao Sindicato dos Servidores de Cabo Frio (Sindicaf), nesta segunda-feira (12), uma proposta de reparcelamento da dívida que resta do governo anterior. Desde o início do ano a Prefeitura vem pagando duas folhas salariais por mês, sendo uma do mês corrente e outra referente à gestão anterior. No entanto, com a queda nas receitas após o período de maior arrecadação, que é o início do ano, por conta da campanha de pagamento do IPTU, a prática tornou-se inviável. 
 
A proposta é reparcelar o que não foi quitado nos próximos 10 meses, a fim de manter os salários deste ano em dia. As categorias irão avaliar os novos temos em assembleias. A proposta não vale para os servidores da Educação, Guarda e para os aposentados, que já receberam a maior parte do que foi deixado pela gestão anterior.
 
– No começo do ano tivemos um fôlego maior por conta da entrada de recursos provenientes dos impostos, principalmente o IPTU. Todos sabem os esforços que estamos fazendo para regularizar a situação dos servidores, mas a dívida deixada pelo governo anterior é muito grande. Nossa dificuldade hoje está justamente no tamanho da dívida que foi deixada. Estamos em franco diálogo com os sindicatos, que vêm acompanhando de forma transparente as receitas e sabem das dificuldades. Agora precisamos parcelar o que restou em mais vezes, para que possamos honrar com todos os setores – afirma o prefeito Marquinho Mendes.
 
O prefeito ressalta que a Educação, que possui verbas exclusivas enviadas pelo Governo Federal, é o setor que está com os pagamentos mais avançados. Os funcionários concursados receberam inclusive o salário atual dentro da data de vencimento. No entanto, a equiparação dos salários dos professores contratados com os concursados, antiga reivindicação da categoria, inflou ainda mais a folha de pagamento. Por isso, o governo propôs pagar os contratos em vigor, em um primeiro momento, na forma feita anteriormente, e ao final dos contratos fazer uma folha suplementar quitando a diferença, honrando, desta maneira, a equiparação oferecida. O Sindicato dos Profissionais da Educação também irá avaliar esta proposta em assembleia.
 
– Quero dizer à população que vamos atravessar este momento da melhor forma. Sabemos que há muito a ser feito na cidade, mas, mesmo com todas as dificuldades, os serviços essenciais estão funcionando de maneira satisfatória. Pedimos o apoio e a compreensão de todos para que a cidade possa se recuperar definitivamente – declara ainda o prefeito. 
 
A prefeitura também divulgou um levantamento do que foi pago apenas este ano com folha salarial. Confira abaixo:
 
 
PAGAMENTO DE FOLHA SALARIAL EM 2017 (incluindo salários deste ano e salários deixados pela gestão anterior) 
R$ 171,4 milhões
 
PAGAMENTO DE DÍVIDAS DEIXADAS PELA GESTÃO ANTERIOR
Geral - R$ 45,8 milhões
Por segmento
Educação - R$ 29,9 milhões
Aposentados - R$ 8,3 milhões
Guardas - R$ 1,9 milhões
Demais categorias - R$ 5,6 milhões
 
 
PERÍODOS
 
O QUE JÁ FOI PAGO DO GOVERNO ANTERIOR

2015

Educação - 1/3 Férias
Aposentados - 3 parcelas do 13°

2016
Educação - Outubro, Novembro, Dezembro e 13º
Administração - Setembro (parcela), Outubro (integral), Novembro (50%)
Guarda - Novembro (parcela) e Dezembro (parcela)
Saúde - Outubro (integral) e Novembro (parcela)
Aposentados - Outubro e Novembro

O QUE FALTA DO GOVERNO ANTERIOR

2015
Educação - dois quintos do 13° de 2015 
Demais servidores - 1/4 do 13° de 2015

2016
Educação - Nada
Guarda - 13° de 2016 
Administração e Saúde - 50% do salário de novembro, salário de dezembro de 2016 e 13° de 2016
Aposentados - Dezembro de 2016 e 13º 
 
Fonte: Prefeitura de Cabo Frio