Assine Já
domingo, 28 de novembro de 2021
Região dos Lagos
28ºmax
20ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 53491 Óbitos: 2186
Confirmados Óbitos
Araruama 12497 447
Armação dos Búzios 6580 73
Arraial do Cabo 1754 93
Cabo Frio 15408 901
Iguaba Grande 5564 147
São Pedro da Aldeia 7047 290
Saquarema 4641 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
BENEFÍCIOS ESTAVAM CONGELADOS

Prefeitura de Cabo Frio paga triênios e anuncia mudança de nível para 1300 efetivos da Educação

Profissionais também receberam o vale transporte do mês de outubro, de forma antecipada, e as unidades escolares receberam repasses do PDE e PMAE

20 outubro 2021 - 09h30Por Redação

A Prefeitura de Cabo Frio atualizou o pagamento de triênios e mudança de nível para servidores efetivos da Secretaria Municipal de Educação. Ao todo, 1.371 profissionais receberam o total de R$ 1.235,324,02 em benefícios referentes aos primeiros nove meses de 2021. Os benefícios estavam congelados desde o mês de dezembro de 2020.

O pagamento de direitos aos colaboradores é uma das promessas da atual gestão, na busca por valorização dos servidores da educação. Desde setembro, os triênios e mudanças de nível estão sendo atualizados automaticamente, conforme o servidor tenha direito aos valores.

Além dos montantes creditados, 4.632 profissionais receberam, de forma antecipada, no dia 25 de setembro, o salário daquele mês, somando um total de R$ 15.665.568,13. Para os servidores efetivos foi repassado, ainda, o vale transporte referente ao mês de outubro, no valor de R$ 57.036,10. O pagamento do benefício para deslocamento dos profissionais, creditado sempre no mês anterior, é meta estipulada pela atual gestão da Secretaria de Educação, desde a posse em julho deste ano.

As unidades escolares receberam, também no mês de setembro, o total de R$ 303.994,00 em verbas do PDE (Programa Dinheiro na Escola) e R$ 307.014,00 em repasses do PMAE (Programa Municipal de Alimentação Escolar). A transferência de recursos do PDE deve ser utilizada pelos diretores, por meio dos Conselhos Escolares, para custear despesas como manutenção básica, limpeza e higiene, material de papelaria, serviços de internet e produção do material didático do ano letivo corrente. Já em relação ao PMAE, os valores são para utilização na aquisição de gêneros alimentícios da merenda escolar.

Ambos programas têm origem nos recursos próprios do governo municipal. A distribuição dos valores é realizada com base no número de alunos matriculados em cada escola, no caso do PDE. Os valores do PMAE têm como base de cálculo o número de refeições servidas na unidade escolar, no mês anterior.

“Temos muito a avançar para que a rede municipal de Cabo Frio alcance a excelência que buscamos. Os desafios são grandes, mas a equipe da Secretaria de Educação está empenhada em buscar soluções para as adversidades que se apresentam. Estamos honrando os compromissos de campanha do prefeito, de manter os salários e benefícios em dia, proporcionando bem-estar aos servidores da educação”, comentou a secretária de Educação, Elicéa da Silveira.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.