Assine Já
segunda, 25 de outubro de 2021
Região dos Lagos
22ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52431 Óbitos: 2149
Confirmados Óbitos
Araruama 12371 441
Armação dos Búzios 6530 72
Arraial do Cabo 1736 92
Cabo Frio 14792 880
Iguaba Grande 5486 140
São Pedro da Aldeia 6985 289
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
DISCUSSÃO SOBRE VOLTA

Prefeitura de Cabo Frio cria comissão especial para debater retorno às aulas na rede municipal

Segundo o governo, grupo terá a participação de órgãos municipais e entidades ligadas à Educação

24 junho 2020 - 17h21Por Redação

A Prefeitura de Cabo Frio acaba de publicar a Portaria n.º 8.896, que cria uma comissão especial para discutir medidas e ações para o retorno às aulas na rede municipal, suspensas devido à pandemia do novo coronavírus. A comissão temporária é vinculada administrativamente à Secretaria de Educação. Ela terá caráter consultivo e propositivo, com o objetivo de compartilhar opiniões e propostas sobre o tema. As reuniões acontecerão, preferencialmente, por videoconferência após nomeação oficial dos seus integrantes.

A comissão terá duração de 30 dias, podendo ser prorrogada ou abreviada de acordo com a evolução do cenário e dos temas discutidos. Segundo a Secretaria de Educação, sua principal atribuição "será debater as medidas de enfretamento ao Covid-19, a volta das atividades de ensino em todos os seus aspectos e os demais assuntos pertinentes à situação".

Estão convidados para compor a comissão as secretarias de Saúde, Desenvolvimento Social, Direitos Humanos e da Mulher; conselhos municipais de Educação, de Acompanhamento e Controle Social do Fundeb, de Alimentação Escolar, das escolas municipais; além da Comissão da Educação da Câmara de Vereadores, dos diretores escolares e do Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe Lagos).

Cada órgão deverá indicar formalmente dois representantes (um titular e um suplente), com exceção da Comissão de Diretores e os Conselhos Escolares, que poderão instituir três integrantes com respectivos suplentes, um para cada segmento escolar. A participação de outros indivíduos sem ligação com os órgãos listados poderá ser solicitada à Seme. A efetiva atuação na comissão será de maneira facultativa.

“Desde o início da pandemia, têm sido realizados vários debates em busca de ações que, prioritariamente, preservem a vida, mas também atendam aos nossos alunos de maneira segura, eficaz e igualitária. Neste momento, vamos iniciar o processo de discussão sobre o retorno às aulas junto à sociedade, devidamente representada por entidades relevantes e ligadas à rede municipal”, pontuou o secretário municipal de Educação, Ian de Carvalho.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.