Assine Já
segunda, 25 de outubro de 2021
Região dos Lagos
22ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52431 Óbitos: 2149
Confirmados Óbitos
Araruama 12371 441
Armação dos Búzios 6530 72
Arraial do Cabo 1736 92
Cabo Frio 14792 880
Iguaba Grande 5486 140
São Pedro da Aldeia 6985 289
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
Geral

Prefeitura de Arraial nega poluição das praias com óleo

Vídeo compartilhado na internet associa aparecimento de placas pretas ao vazamento que atinge o Nordeste

28 outubro 2019 - 20h51Por Rodrigo Branco
Prefeitura de Arraial nega poluição das praias com óleo
Em pleno feriado do Dia do Servidor Público, a Prefeitura de Arraial do Cabo divulgou um vídeo nas suas redes sociais para negar que a Praia Grande esteja poluída por manchas de óleo. Um vídeo feito por um morador que circulou ontem pela internet e em grupos de WhatsApp associou o surgimento de placas pretas na areia da praia na última sexta-feira ao vazamento que atinge praticamente todo o litoral do Nordeste há cerca de dois meses. No vídeo, o homem, que não se identifica, chega a responsabilizar a Venezuela pela contaminação da costa brasileira, mas ainda não há conclusão sobre o que provoca o desastre ambiental.
 
Ontem, o secretário de Meio Ambiente de Arraial, Arildo Mendes, juntamente com agentes da Guarda Marítima e Ambiental, também gravou imagens do canto esquerdo da Praia Grande para mostrar que a situação estava normal no local. De acordo com Arildo, o surgimento das placas mostradas pelo morador ainda são resquícios do vazamento no reservatório do Campo de Marlim, assumido pela Petrobras e ocorrido em abril, e que atingiu Arraial do Cabo e também praias de Búzios e de Cabo Frio. 
 
O secretário comentou ainda que, desde então, é feito um trabalho de pós-monitoramento e os agentes municipais fazem uma inspeção diária do litoral cabista para atestar que tudo esteja sob controle. O surgimento das novas placas, ele aponta, seria pelo desprendimento delas do fundo do mar pelo movimento das marés. 
 
 – Estamos trabalhando diariamente para garantir que as praias de Arraial do Cabo possam ser frequentadas com qualidade, nossos fiscais fazem os devidos recolhimentos de materiais que possam aparecer neste período pós emergência e os relatórios são enviados conforme o protocolo. Esse resquício que apareceu não tem nada a ver com o óleo derramado no litoral nordestino, não causa problemas com a balneabilidade das praias. Nossas praias estão perfeitas, liberadas para banho – acrescenta Arildo, que pediu ‘responsabilidade’, para que não sejam compartilhadas ‘fake news’ que prejudiquem a cidade. 
 
No começo de abril, o vazamento no reservatório que fica na Bacia de Campos atingiu diretamente a areia e o mar da Prainha, uma das mais frequentadas pelos banhistas na cidade. Com a intermediação do Ministério Público, os municípios de Arraial, Cabo Frio e Búzios firmaram um acordo com a petrolífera estatal para receber capacitação e equipamentos.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.