domingo, 16 de junho de 2024
domingo, 16 de junho de 2024
Cabo Frio
20°C
Park lagos
Park Lagos 2
ALERTA

Prefeitura confirma caso de gripe aviária em Cabo Frio

Vigilância em Saúde Municipal orienta que o cidadão não recolha aves doentes ou mortas e acione a Guarda Marítima pelo número 153; não há casos registrados em humanos, no momento

25 maio 2023 - 15h35Por Redação
Prefeitura confirma caso de gripe aviária em Cabo Frio

A Prefeitura de Cabo Frio confirmou, nesta quinta-feira (25) o primeiro caso de gripe aviária na cidade. O caso positivo para o vírus H5N1 foi em uma ave silvestre encontrada no bairro Santo Antônio, em Tamoios. O animal foi resgatado pelos profissionais do Centro de Reabilitação de Aves Silvestres, e encaminhado para a empresa de gestão ambiental Ambipar, em Araruama, onde foram realizados os testes de diagnóstico da doença. O Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS) da Secretaria Estadual de Saúde (SES-RJ) já foi notificado e a ocorrência registrada pelo Ministério da Saúde. No momento, não há casos de gripe aviária registrados em humanos.

Segundo o comunicado emitido pelo Ministério da Agricultura e Pecuária, em território nacional, está declarado estado de emergência zoossanitária por 180 dias. O setor de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde está em monitoramento constante e orienta para que a população não recolha as aves que encontrarem doentes ou mortas e acione a Guarda Marítima por meio do número 153 ou (22) 3199-9863 ou pelo e-mail [email protected].

Técnicos da Vigilância em Saúde da Secretaria Estadual ressaltam que não há motivos de preocupação para a população sobre epidemia de H5N1, pois no momento não há transmissão direta, de pessoa para pessoa. É importante lembrar que a doença não é transmitida pelo consumo de carne de aves e nem de ovos. As infecções humanas pelo vírus da Influenza Aviária ocorrem por meio do contato direto com aves infectadas (vivas ou mortas).

O setor de Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal de Saúde também reforçou as orientações aos profissionais das unidades de saúde para que estejam atentos, durante triagem e atendimento médico, a casos de síndrome gripal em pacientes que tiveram contato com animais silvestres. Havendo suspeita, a coleta de amostras é recomendada, independentemente do dia de início dos sintomas, incluindo os casos em Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Sobre a H5N1
A H5N1 ou Influenza Aviária é uma doença causada por vírus, que afeta muitas espécies de aves, inclusive migratórias; e, eventualmente, mamíferos terrestres e marítimos, suínos e o próprio ser humano. Sua incidência gera graves consequências à saúde animal, à economia e ao meio ambiente.

O recente cenário de influenza aviária, causada pelo vírus influenza A (H5N1), tem sido monitorado de perto pelo Laboratório de Vírus Respiratórios, Exantemáticos, Enterovírus e Emergências Virais do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) — que atua como referência nacional em influenza junto ao Ministério da Saúde (MS) e integra a Rede de Influenza da Organização Mundial da Saúde (OMS).