Assine Já
quinta, 03 de dezembro de 2020
Região dos Lagos
30ºmax
21ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 12983 Óbitos: 554
Confirmados Óbitos
Araruama 2519 121
Armação dos Búzios 1460 21
Arraial do Cabo 427 16
Cabo Frio 3851 182
Iguaba Grande 1197 41
São Pedro da Aldeia 1997 79
Saquarema 1532 94
Últimas notícias sobre a COVID-19
prefeito

Prefeito promete não fechar Rui Barbosa

Marquinho Mendes, no entanto, permanece irredutível pela estadualização do Ensino Médio

17 março 2017 - 13h37
Prefeito promete não fechar Rui Barbosa

O prefeito Marquinho Mendes (PMDB) promete não fechar nenhuma escola. O peemedebista, no entanto, permanece irredutível quanto à estadualização do Ensino Médio - a única escola que seria fechada era o Rui Barbosa, que passará por uma readequação. O comunicado veio após denúncia do vereador  Rafael Peçanha (PDT) em seu blog, onde acusava Marquinho de ter pedido ao Ministério Público para tirar as turmas de 1º, 2º e 3º ano das competências do Governo Municipal.

Confira nota na íntegra:

"No ano passado foi firmada uma tratativa entre a Prefeitura e o Ministério Público para a transferir as vagas do 1º ano do Ensino Médio para outras redes de ensino, visto que a obrigação Constitucional do Município é oferecer o Ensino Fundamental. A recomendação do MP foi mantida e será cumprida pelo Município. Desta forma, não serão feitas novas matriculas para o 1º ano do Ensino Médio no ano letivo de 2017. As turmas de 2º ano e 3º ano do Ensino Médio serão oferecidas normalmente na Rede Municipal. No ano de 2016, 1.700 alunos concluíram o Ensino Fundamental na Rede Pública Municipal. Enquanto podia matricular alunos no Ensino Médio, a Rede Municipal oferecia 400 vagas neste segmento.

Os demais alunos sempre buscaram as outras redes de ensino, seja a estadual, a federal ou particular. Todas as unidades municipais que oferecem o Ensino Médio atualmente também oferecem o ensino em outros segmentos, com exceção do Colégio Rui Barbosa, que passará por um estudo de readequação. Desta forma, nenhuma unidade de ensino será fechada".