Assine Já
sábado, 28 de novembro de 2020
Região dos Lagos
27ºmax
19ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 12084 Óbitos: 539
Confirmados Óbitos
Araruama 2426 118
Armação dos Búzios 1132 16
Arraial do Cabo 427 16
Cabo Frio 3625 181
Iguaba Grande 1129 40
São Pedro da Aldeia 1874 76
Saquarema 1471 92
Últimas notícias sobre a COVID-19
Preço

Preço de imóveis em Cabo Frio tem valorização

Na contramão da capital, cidade registra aumento nos preços no último ano

30 maio 2017 - 20h01Por Rodrigo Branco I Foto: Rodrigo Cabral
Preço de imóveis em Cabo Frio tem valorização

O Rio pode até ter a fama de ‘Cidade Maravilhosa’, mas é sobre o mercado imobiliário de Cabo Frio que incide a imagem de município com boa qualidade de vida, apesar dos recentes problemas financeiros e administrativos. O preço médio do metro quadrado para venda de apartamentos na cidade subiu 2% entre maio de 2016 e maio deste ano, enquanto que na capital, houve queda de 3%. Em relação à venda de casas, a valorização média em Cabo Frio chegou a 5%, ao passo que no Rio, o percentual é de apenas 0,02%.

Os dados estão presentes na terceira edição do Cenário do Mercado Imobiliário de Cabo Frio 2017, estudo feito pelo Sindicato da Habitação do Rio de Janeiro (Secovi Rio) e que será apresentado na próxima terça-feira, às 18h30, em um hotel do Braga. A pesquisa contém informações detalhadas por bairro e tabelas com os valores praticados agora e há um ano. Para a empresária do ramo Patrícia Cardinot, as belezas naturais e a segurança pública da cidade, ainda sob controle em relação ao Rio, ajudam a explicar o quadro. 

– Cabo Frio se destaca até mesmo dentro da região, por ter a orla mais bonita e a praia com as areias mais brancas. As belezas naturais geram valorização. Muitas casas estão sendo demolidas para a construção de prédios. A situação aqui ainda é benéfica em relação ao Rio, a questão da segurança pública está sob controle. Tirando a crise, o paraíso está aqui perto – afirma Cardinot.

 

Anuncie seu imóvel no maior jornal da região. Ligue já e aproveite condições especiais: (22) 2644-4698.

 

A argumentação encontra base nas estatísticas, pois a Praia do Forte teve a terceira maior valorização na cidade. O preço do metro quadrado dos apartamentos daquela região passou de R$ 9.488 para R$ 10.229, o que significa um aumento de 7,8%. No topo da lista está a Vila Nova, com valorização de 11%, seguido do Parque Riviera, nas proximidades da rodoviária, com 8%.

Fazendo jus ao nome do bairro, o Foguete é o responsável pela maior subida de preço no metro quadrado das casas de rua e, proporcionalmente, de toda a pesquisa. De maio do ano passado para cá, houve um acréscimo de 13,8% nos valores, que passaram de R$ 3.720 para R$ 4.233. Em seguida, figuram os também bucólicos Peró, com valorização de 6,5% e Palmeiras, de 5,1%. Esse último lidera o ranking de aumento de preço de venda das casas de condomínio, com 6,2%. O Portinho, em segundo lugar, teve valorização de 0,7%.

O conselheiro efetivo do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis (Creci-RJ), Jorge Murillo, não vê com bons olhos a alta dos valores. Segundo o profissional, que atua há 27 anos no mercado, o ambiente de fragilidade econômica na cidade aliada à valorização imobiliária pode esfriar os negócios.

– Os imóveis têm que voltar aos preços de antigamente. Esses dias mesmo, fiz uma escritura de um terreno que estava à venda desde 2009 por R$ 220 mil. Só consegui vender por R$ 150 mil. Não adianta querer vender um quarto e sala no Peró por R$ 280 mil, que não vai conseguir. Isso também vale para os alugueis. Por isso que tem tanta loja vazia em Cabo Frio – critica.