Assine Já
sábado, 19 de setembro de 2020
Região dos Lagos
31ºmax
19ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7728 Óbitos: 407
Confirmados Óbitos
Araruama 1514 100
Armação dos Búzios 468 10
Arraial do Cabo 215 13
Cabo Frio 2528 136
Iguaba Grande 640 34
São Pedro da Aldeia 1213 50
Saquarema 1150 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
postos

Preço da gasolina é alvo de reclamações em Cabo Frio

Postos do município tem um dos combustíveis mais caros do Estado do Rio

01 julho 2017 - 13h12Por Rodrigo Branco | Foto: Reprodução
Preço da gasolina é alvo de reclamações em Cabo Frio

O motorista cabofriense tem feito um grande esforço para que custo de abastecer o carro caiba no orçamento. Isso porque, apesar da proximidade com os campos de exploração da Bacia de Campos, os postos do município têm um dos combustíveis mais caros do Estado do Rio. De acordo com o levantamento semanal de preços, feito entre os dias 18 e 24 de junho, pela Agência Nacional de Petróleo (ANP), o litro da gasolina em Cabo Frio custa em média R$ 4,16. Na capital, por exemplo, o preço médio é de R$ 3,87.

No caso do etanol, o valor médio por litro nas bombas de combustível cabofrienses é de R$ 3,63. Na vizinha Araruama, por exemplo, o preço do álcool é de R$ 3,04. A discrepância acontece também no caso do GNV. Se em Cabo Frio, o metro cúbico custa R$ 2,59; em Duque de Caxias, terra da refinaria Reduc, esse valor é R$ 2,48. De acordo com o especialista em Petróleo e Gás e colunista da Folha Leandro Cunha, fatores geográficos e tributários explicam porque a proximidade com os poços não garante preço baixo na bomba.

– Cerca de 80% do petróleo cru produzido no Rio vai ser refinado em São Paulo. O Rio não usufrui do ICMS dessa transação. O petróleo é processado, vira gasolina, volta para o Rio e aí incide o imposto – explica.

Para driblar o problema, os motoristas valem-se de táticas para economizar e evitar a pane seca.

– Está bem mais caro que nas outras regiões. Então eu completo o tanque na estrada e aqui vou colocando de cinco em cinco litros – ensina Wanderson dos Santos, de 41 anos.

O vendedor Sandro Santana arrisca um palpite para os preços altos.

– Enxergam a cidade como turística e acabou.

Para o empresário Almério Daltro, de 52 anos, não restam muitas opções.

– Os donos de postos combinam preços há anos. Não sei se tem órgão para fiscalizar isso – palpita.

A teoria de Almério é chancelada por Leandro Cunha.

– Não há base técnica para afirmar, mas tenho conhecimento de que a questão do frete acaba incidindo no preço das regiões mais distantes. Além disso, como não há muita concorrência, há a prática de cartelização.

 

BOX:                                    PREÇO MÉDIO DO COMBUSTÍVEL (R$)             

 

                                                      GASOLINA                  ETANOL                    GNV

CABO FRIO                                   4,169                             3,630                      2,593     

RIO DE JANEIRO                       3,879                             3,121                       2,128

DUQUE DE CAXIAS                   3,907                             3,074                      2,488

ARARUAMA                                 3,924                             3,046                      2,930

Fonte: Agência Nacional do Petróleo (ANP), no período entre 18 e 24 de junho