Assine Já
terça, 14 de julho de 2020
Região dos Lagos
23ºmax
15ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Suspeitos: 310 Confirmados: 3455 Óbitos: 200
Suspeitos: 310 Confirmados: 3455 Óbitos: 200
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 274 658 42
Armação dos Búzios X 279 8
Arraial do Cabo 9 88 11
Cabo Frio X 1037 64
Iguaba Grande 14 257 20
São Pedro da Aldeia 4 537 20
Saquarema 9 599 35
Últimas notícias sobre a COVID-19
ATA Búzios

Prazo da ATA Búzios para financiamento coletivo termina nesta segunda (21)

20 dezembro 2015 - 16h12
Prazo da ATA Búzios para financiamento coletivo termina nesta segunda (21)

Termina nesta segunda (12) o projeto de crowdfunding – financiamento coletivo – que a Associação dos Trabalhadores na Aquicultura (ATA) de Armação dos Búzios participa. O objetivo é arrecadar R$ 14.400, que serão investidos na fazenda marinha de ostras, mexilhões e vieiras da associação. A expectativa é comprar um motor de popa com potência de 15HP e um lava a jato de alta pressão à gasolina para desenvolver a maricultura local (produção de organismos aquáticos em ambiente marinho) com aumento da produtividade e geração de emprego e renda para a comunidade.

A aquisição do motor deve contribuir ainda para a melhoria da qualidade de vida dos produtores associados, que atualmente precisam remar em caiaques e pranchas por aproximadamente 1,5 quilômetro para chegar à fazenda, tendo um excesso de esforço físico e correndo risco de acidentes em dias com ventos e ondas fortes.

O lava a jato, por outro lado, facilitaria o manejo diário, acelerando todo o processo, uma vez que hoje a lavagem das estruturas de cultivo (como lanternas, redes, cabos, caixa, etc.) é feita manualmente, demandando mais tempo. Além disso, a embarcação motorizada poderá inovar o turismo de base, oferecendo atendimento mais adequado aos turistas e visitantes interessados na atividade.

Manuel Azevedo dos Santos, de 48 , maricultor e presidente da ATA, foi fundamental apresentação de proposta, com auxílio da Fiperj, para desenvolvimento da fazenda.

- A Fundação tem apoiado a gente sempre que precisamos fazer um projeto para participar de programas de incentivo à atividade. Essa foi a segunda vez este ano que nos inscrevemos em iniciativas como essa e ficamos muito felizes em passar nesse processo seletivo. Agora esperamos conseguir arrecadar o total pedido para comprar os equipamentos que precisamos para melhorar nossa estrutura e fortalecer a produção - disse.

A proposta foi desenvolvida com o auxílio da Fundação Instituto de Pesca do Estado do Rio de Janeiro (Fiperj) e selecionada em ação de incentivo ao empreendedor local promovida pela distribuidora de energia elétrica Ampla e pelo Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável (CIEDS), por meio do programa Cidade Inteligente Búzios.

A cada R$ 1,00 doado por meio do site Benfeitoria (também parceiro na ação), a ATA ganha mais R$ 1,00 da Ampla, dobrando assim o dinheiro arrecadado. O site promove campanhas com a política do “é tudo ou nada”, por isso, se o valor total não for alcançado até a data prevista, a proposta é cancelada.

Se o valor total não for alcançado até a data prevista, os benfeitores (como são chamados os que colaboram) receberão o seu dinheiro de volta. Mas se a meta for alcançada, as pessoas que ajudarem poderão ganhar recompensas que variam de acordo com o valor doado: pode ser uma foto com agradecimento, ostras e mexilhões, passeios de barco pela fazenda com e sem degustação,  até um espaço para divulgação no folder informativo da ATA. Para contribuir ou obter mais informações acesse: www.benfeitoria.com/fazendamarinha.

A Associação - Criada em 2010 por pescadores artesanais e representantes de comunidades quilombolas da região da Rasa, em Búzios, a ATA tem sede na praia Rasa, e conta com o trabalho de 13 famílias.