Assine Já
domingo, 29 de novembro de 2020
Região dos Lagos
28ºmax
19ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 12084 Óbitos: 539
Confirmados Óbitos
Araruama 2426 118
Armação dos Búzios 1132 16
Arraial do Cabo 427 16
Cabo Frio 3625 181
Iguaba Grande 1129 40
São Pedro da Aldeia 1874 76
Saquarema 1471 92
Últimas notícias sobre a COVID-19
Oncologia

Por falta de convênio, pacientes do SUS estão sem radioterapia em Cabo Frio

Iniciativa privada da região participa da modernização do Hospital Santa Izabel

06 outubro 2015 - 11h49

    

Inaugurado em maio último, o Centro de Radio­terapia da Onkosol, que funciona no complexo do Hospital Santa Izabel, em Cabo Frio, não está aten­dendo pacientes do Siste­ma Único de Saúde (SUS) por falta de convênio. Por isso, o serviço está restrito somente àqueles que têm planos de saúde.

– O serviço de radiote­rapia atende em torno de 20 pacientes diariamente – comentou, ontem, o pro­vedor do hospital, o médi­co Marcelo Perelló, mas explicando que a máqui­na (Unique Varian) tem capacidade para fazer 80 atendimentos por dia.

– O credenciamento do serviço ao SUS é um pro­cesso burocrático, lento, demorado, que leva anos para acontecer. O Estado tem como fazer a contrata­ção direta do serviço, que é um processo imediato. Se essa contratação fosse feita, estaríamos tratando doentes do SUS já na se­mana que vem. Mas o po­der público alega falta de recursos – lamentou.

A previsão de Mar­cello Perelló, se depender do convênio direto com o SUS, é que demore ainda dois anos.

Mas, ao mesmo tempo, o Hospital Santa Izabel e a Onkosol não desistem do trabalho no sentido de insistir com o convênio junto ao governo estadual.

– Este equipamento representa grande ganho para os pacientes com cân­cer de Cabo Frio, que an­tes precisavam se deslocar para outras cidades para realizar o tratamento de radioterapia. Com este ser­viço o tratamento, que já é doloroso demais para as famílias, está mais tran­quilo, já que os pacientes vão poder se tratar perto de casa – comemorou o prefeito da cidade, Alair Corrêa (PP), na época da inauguração do Centro de Radiologia.

 

*Leia a matéria completa na edição impressa desta terça-feira (6)