Assine Já
quarta, 28 de julho de 2021
Região dos Lagos
22ºmax
15ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 46056 Óbitos: 1864
Confirmados Óbitos
Araruama 11325 353
Armação dos Búzios 5456 57
Arraial do Cabo 1564 87
Cabo Frio 12562 754
Iguaba Grande 4756 114
São Pedro da Aldeia 6144 273
Saquarema 4249 226
Últimas notícias sobre a COVID-19
motorista de aplicativo

Polícia prende suspeito de participar da morte de motorista de aplicativo de carona em Cabo Frio

Marcelo de Oliveira Brochado foi morto com tiro na cabeça em setembro do ano passado

13 agosto 2019 - 21h49Por Redação I Foto: Divulgação
Polícia prende suspeito de participar da morte de motorista de aplicativo de carona em Cabo Frio

Policiais civis da 126ª DP prenderam no fim da tarde desta terça-feira (13) um dos acusados de matar o motorista de um aplicativo de caronas Marcelo de Oliveira Brochado, em setembro do ano passado, em Cabo Frio. O acusado foi localizado no estacionamento de um mercado no bairro Monte Alegre.

Contra ele havia um mandado de prisão preventiva em aberto decretado pela Justiça de Cabo Frio. Outro homem, também apontado pela polícia como participante do crime, já estava preso desde 2018, por roubo qualificado.

Ambos foram denunciados pela Promotoria de Investigação Penal do Ministério Públicos, após as investigações, que duraram um ano e incluíram depoimentos de testemunhas e interceptações telefônicas.

O crime - Marcelo de Oliveira Brochado era morador de Niterói e estava de passagem por Cabo Frio, onde planejava pegar passageiros para ajudar nas despesas para o retorno para casa.

Após um casal embarcar na Rodoviária Alexis Novellino, o motorista partiu para buscar a dupla de acusados no bairro Monte Alegre, próximo ao prédio onde funcionava um frigorífico e hoje é sede da Comsercaf. A carona já estava agendada pelo aplicativo.

Em um posto de gasolina, os criminosos anunciaram o assalto e exigiram que Marcelo os levasse de volta para Monte Alegre. O casal foi roubado e deixado em frente à sede da InterTV. O corpo e o veículo do motorista foeam encontrados depois na Estrada Nelore, no Monte Alegre. A perícia indicou que Marcelo foi assassinado com um tiro na cabeça.