Assine Já
quinta, 04 de março de 2021
Região dos Lagos
30ºmax
21ºmin
Tropical
Tropical mobile
TEMPO REAL Confirmados: 26995 Óbitos: 930
Confirmados Óbitos
Araruama 6793 183
Armação dos Búzios 3253 32
Arraial do Cabo 865 38
Cabo Frio 7495 359
Iguaba Grande 2563 58
São Pedro da Aldeia 3575 126
Saquarema 2451 134
Últimas notícias sobre a COVID-19
tapete de sal

Polícia investiga tapete de sal com iniciais de facção em Araruama

No lugar, PM colocou telefone do batalhão e inscrição #Araruama é nossa

16 junho 2017 - 10h36Por Redação I Foto: Reprodução Fala Araruama
Polícia investiga tapete de sal com iniciais de facção em Araruama

A polícia investiga para descobrir os responsáveis por fazerem um tapete de sal com inscrição alusiva a uma facção criminosa, em Araruama. O caso ocorreu durante a tradicional celebração do feriado de Corpus Christi, nesta quinta (15). Segundo testemunhas, a montagem teria sido feita durante a madrugada.

O episódio chocou os fiéis e provocou reação das autoridades. O tapete 'do tráfico' foi desfeito por agentes da Guarad Civil e no seu lugar foi montado outro com a inscrição 'PMERJ, 25º BPM, 3ª CIA, 2665-2415, #Araruama é nossa'.

Ninguém foi preso. O caso está cargo da 118ª DP (Araruama). 

Foragido de São Paulo é preso em Búzios

Um homem identificado como Miguel Cardoso da Silva, de 21 anos, conhecido como 'Miguelzinho' foi preso nesta quinta-feira (15) em Tucuns, Armação dos Búzios. Segundo a polícia, havia quatro mandados de prisão em aberto contra Miguelzinho: evasão, homicídio, porte ilegal de arma e roubo. 

O acusado foi localizado por meio de denúncia feita pelo 'WhatsApp dos Procurados' (21-98849-6099) do Disque Denúncia. Miguelzinho estava foragido há dois anos da Penitenciária de Tremembé (SP). Preso, foi levado para a carceragem da 127ª DP (Búzios). 

Após ameaçar promotor, homem é preso em Manguinhos

A polícia prendeu nesta quinta (15) um homem de 46 anos identificado como Reginaldo Carlos Ribeiro. Ele é acusado de ameaçar com um facão um promotor de Justiça de Búzios que aproveitava o feriado com a família na Praia de Manguinhos. 

O acusado tentou fugir, mas acabou localizado em casa, no bairro José Gonçalves. Contra Reginaldo havia um mandado de prisão em aberto desde 2011. Ele foi preso e levado para a carceragem da 127ª DP. O facão foi apreendido.