Assine Já
quinta, 04 de março de 2021
Região dos Lagos
30ºmax
21ºmin
Tropical
Tropical mobile
TEMPO REAL Confirmados: 26995 Óbitos: 930
Confirmados Óbitos
Araruama 6793 183
Armação dos Búzios 3253 32
Arraial do Cabo 865 38
Cabo Frio 7495 359
Iguaba Grande 2563 58
São Pedro da Aldeia 3575 126
Saquarema 2451 134
Últimas notícias sobre a COVID-19
placas

Polícia investiga furto de placas de prédios públicos

Prédios municipais tiveram itens arrancados de suas fachadas

23 novembro 2016 - 01h38Por Rodrigo Branco I Foto do leitor
Polícia investiga furto de placas de prédios públicos

 A paralisação parcial da Guar­da Municipal de Cabo Frio por causa dos atrasos salariais tem proporcionado o cenário ideal para crimes contra o patrimônio público. Os alvos da vez, na ma­drugada de anteontem, foram as sedes da Prefeitura e da Câma­ra dos Vereadores que tiveram arrancadas das suas fachadas as placas de bronze que represen­tam o brasão municipal.

Não são casos isolados. Há cerca de dez dias, foram furta­das duas placas de bronze do obelisco que fica na Praça Por­to Rocha. Do mesmo local, dias depois, foi levado o busto do ex-prefeito Francisco Paranhos. A base sobre a qual ficava a es­cultura foi pichada. Além disso, uma placa que ficava no canteiro central da Avenida Nilo Peça­nha, a menos de 50 metros da Praia do Forte, também sumiu recentemente.

A polícia investiga os casos. O titular da 126ª DP (Cabo Frio), delegado Carlos Abreu, afirmou que está em busca de imagens de câmeras de segurança e de teste­munhas que ajudem a solucionar os crimes.

– Começamos a investigar agora, mas acredito que esses furtos possam estar ligados a ferros-velhos, que podem estar recebendo esse tipo de material – acredita o delegado.

No mercado de sucata, segun­do a Folha apurou, o quilo do bronze é vendido, em média, a R$ 7. De acordo com o delegado Carlos Abreu, quem for flagrado comprando as peças roubadas será enquadrado no crime de receptação, cuja pena é de um a quatro anos de prisão, em caso de condenação. Já o crime de furto pode levar de um a cinco anos de cadeia.

Prefeitura se manifesta – Em nota, a Prefeitura de Cabo Frio informou que ‘as medidas para o ato de vandalismo já foram to­madas’. De acordo com o texto, a administração municipal fez um boletim de ocorrência e ago­ra aguarda que sejam localiza­dos os indivíduos que causaram o dano aos patrimônios públicos.

Sobre a Guarda, a Prefeitura disse que em todos os locais citados pela matéria estão pre­sentes os agentes municipais, de forma física ou rotativa.