Assine Já
sábado, 19 de setembro de 2020
Região dos Lagos
31ºmax
19ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7728 Óbitos: 407
Confirmados Óbitos
Araruama 1514 100
Armação dos Búzios 468 10
Arraial do Cabo 215 13
Cabo Frio 2528 136
Iguaba Grande 640 34
São Pedro da Aldeia 1213 50
Saquarema 1150 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
pista

Poça de água causa transtorno em pista de skate de Cabo Frio

Frequentadores reclamam da falta de manutenção no local, inaugurado há menos de três anos

18 abril 2017 - 07h56Por Texto e foto: Gabriel Tinoco
Poça de água causa transtorno em pista de skate de Cabo Frio

Acostumados a encarar qualquer tipo de obstáculo, skatistas lamentam a enor­me poça que até ontem to­mava conta de uma das ram­pas do Skate Park de Cabo Frio, que fica em frente aos quiosques, na Praia do Forte.

Os atletas alertam para o risco de doenças, principal­mente para as crianças que frequentam a pista, e co­bram mais manutenção.

Para se ter ideia, havia fezes humanas em uma das rampas. Os buracos povoam a pista e, segundo os próprios skatistas, os tombos são recorrentes: “Dropar aqui é ‘beiço’”, alerta o MC Kayze Vasconcelos, 17, que chama a pista de “reduto da dengue”.

– Não dá para a gente dar um rolé. Ninguém usa essa parte da pista. Ti­nha um banco onde a gente fazia ma­nobra, mas agora ele virou um navio. Não tenho nem coragem de falar em outros lugares que dou rolé na pista de Cabo Frio – critica.

Quem passeava por ali sobre era o cabeleireiro Antônio Guimarães, 55, que tem um grupo de skatistas no WhatsApp. Segundo ele, choviam reclamações no aplicativo pela falta de manutenção.

– É um descaso total com a garo­tada do skate. Há risco de contami­nação do mosquito da dengue. Além disso, é preciso manutenção. A pista está cheia de buracos. Isso é peri­goso, porque o skate pode agarrar. Falta, realmente, um olhar mais ca­rinhoso – diz.

– É um esculacho. Essa poça dura semanas. Já está fedendo. Nós, ska­tistas, não temos suporte para fazer a manutenção. Tenho um filho de três anos e nem trago ele aqui. Já trope­cei em buracos aqui – revela.

Providências – De acordo com a Prefeitura, foi constatado que o fundo da pista está cerca de um me­tro abaixo da rede de drenagem que passa pela avenida, pois na gestão anterior foi feita uma elevatória que não está funcionando. Há necessi­dade de drenar o poço para retirar a bomba de drenagem que provavel­mente está com defeito. Essa ação já está sendo providenciada. Existe um poço de visita que recebe a drenagem da praça que, de alguma maneira, tam­bém está recebendo esgoto. Ainda se­gundo a prefeitura, este poço está inter­ligado à elevatória levando detritos, o que pode ter causado o dano à bomba.

É necessário interromper essa liga­ção para que a elevatória receba ape­nas a água de chuva que cai na pista, interligando o poço de visita direto à rede. A Prefeitura reitera que está providenciando a reposição da bomba e as interligação do ralo que recebe a água da elevatória na rede. A limpeza será feita hoje pela Coordenadoria de Serviços Públicos