Assine Já
quarta, 27 de outubro de 2021
Região dos Lagos
24ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52450 Óbitos: 2151
Confirmados Óbitos
Araruama 12382 441
Armação dos Búzios 6530 73
Arraial do Cabo 1736 93
Cabo Frio 14792 880
Iguaba Grande 5486 140
São Pedro da Aldeia 6993 289
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
‘ENSINO ON-LINE’

Plataforma da Secretaria de Educação de Cabo Frio tem adesão de 25% dos alunos da rede municipal

Um quarto dos mais de 31 mil estudantes cabofrienses fez o cadastramento até esta quarta-feira (19)

19 agosto 2020 - 20h01Por Redação

Segundo dados da Secretaria de Educação de Cabo Frio, 8.138 alunos da rede pública se cadastraram, até esta quarta-feira (19), na plataforma educacional que está no site da pasta e contém atividades para os estudantes no período de pandemia do novo coronavírus. O contingente corresponde a cerca de 25% do universo de 31.953 estudantes matriculados na rede municipal. Ao todo, já foram feitos 30.768 acessos ao conteúdo disponibilizado.

Se a adesão dos estudantes é de apenas um quarto do total até o momento, a Secretaria de Educação prometeu entregar apostilas com as mesmas atividades da plataforma para os alunos que não têm acesso à internet ou computadores. De acordo com a pasta, os alunos têm a opção de baixar os arquivos e imprimi-los para preenchimento e entrega ou aguardar o recebimento do material físico nas escolas. As apostilas estão em fase de elaboração e serão ofertadas após todo processo de impressão e logística, com previsão inicial de entrega aos estudantes para o mês de setembro.

Para o Sindicato dos Profissionais da Educação, o processo de trabalho remoto é excludente, pois nem todos têm as mesmas condições de acesso aos meios digitais.

 – A gente não tem condição nenhuma de fazer um ensino, de fato, remoto para esses jovens. Até o Ensino Médio, o antigo segundo grau, não tem condições efetivas e eficazes de fazer um trabalho de ensino com esses alunos. A gente tem problemas muito graves, muito difíceis de serem superados. Mas independentemente da questão da idade e da série, mesmo que a gente falasse em Educação Superior, o ensino remoto é exclusivo. Ele é o contrário de uma educação inclusiva, que coloca todo mundo, que é ampla e democrática. Ele coloca uma situação de isolamento, de preponderância de acesso ao ensino daqueles que têm vantagens – disse o coordenador do Sepe, Augusto Rosa.

Por sua vez, a Secretaria de Educação afirma que a pasta segue acompanhando a evolução do cenário da pandemia do coronavírus para as tomadas de decisões que buscam, prioritariamente, preservar a vida dos alunos, servidores e comunidades escolares, mas que também possam atender aos estudantes de maneira eficaz.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.