segunda, 04 de março de 2024
segunda, 04 de março de 2024
Cabo Frio
23°C
Park Lagos mobile
Acia

Patrícia Cardinot é eleita para presidência da Acia

Empresária diz que mudança de sede é uma das prioridades da gestão

22 março 2019 - 19h53Por Rodrigo Branco I Foto: Arquivo Folha
Patrícia Cardinot é eleita para presidência da Acia

Candidata única à sucessão de Eduardo Rosa, a empresária do ramo imobiliário Patrícia Cardinot foi eleita, nesta sexta-feira (22), para a presidência da Associação Comercial, Industrial e Turística de Cabo Frio (Acia) até 2021. Sem concorrência, o pleito desta sexta-feira resumiu-se a um ato administrativo em que a chapa de Patrícia foi submetida a análise pela comissão eleitoral.

Burocracias à parte, Patrícia festejou a eleição e, apesar de a posse estar marcada para o próximo dia 3, já trabalha pela entidade. A transição não será problema, uma vez que Eduardo Rosa faz parte da chapa, como vice-presidente. Sem abrir mão das ferramentas virtuais; como site e redes sociais, que ela pretende modernizar de imediato, a futura presidente elegeu a mudança de sede, que hoje fica em um prédio no Centro, como uma das prioridades.

– O prefeito disse que vai liberar uma área para construir a sede, que é um sonho, possivelmente no Novo Portinho. Na verdade, é algo que a gente precisa definir porque que o local atual dificulta muito pela falta de acessibilidade. São três andares de escada e se já é muito complicado para gente, imagina para quem não tem condições. A pessoa se desestimula a fazer um certificado, a fazer uma consulta no Serasa. Meu objetivo é mudar para um local mais linear e tentar vender o prédio – explicou Patrícia.

A empresária disse ainda que pretende marcar um encontro com o prefeito Adriano Moreno (Rede) logo após a posse, mas que vai buscar parcerias com outras associações.

– Meu estilo vai ser arrojado, enxugando todos os custos porque o momento é para enxugar. Quero criar parcerias, atraindo e fortalecendo o comércio local. Vou brigar pela Rua dos Biquínis, que é nosso polo de moda praia, que tem que ser valorizado e respeitado. Estou tentando ver de que forma podemos ajudar o governo dando sugestões. Vamos criar conselhos dentro da própria associação comercial e convidar pessoas de fora com competência, com potencial, para fazer parte – resumiu.