Assine Já
segunda, 25 de outubro de 2021
Região dos Lagos
22ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52431 Óbitos: 2149
Confirmados Óbitos
Araruama 12371 441
Armação dos Búzios 6530 72
Arraial do Cabo 1736 92
Cabo Frio 14792 880
Iguaba Grande 5486 140
São Pedro da Aldeia 6985 289
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
NINGUÉM SOLTA A MÃO DE NINGUÉM

Pandemia reforça corrente de solidariedade de fim de ano

Entidades e movimentos de Cabo Frio se articulam para amenizar o sofrimento de quem mais precisa

12 dezembro 2020 - 14h30Por Rodrigo Branco

Em meio a uma pandemia que acabou por agravar os históricos problemas sociais do país e de Cabo Frio, em particular, muita gente trabalha para amenizar os efeitos desse abismo e diminuir o sofrimento do próximo. Em tempos de escassez de comida na mesa, mais do que nunca, a solidariedade se tornou artigo de primeira necessidade. Por isso, com a proximidade do fim de ano, entidades, movimentos e pessoas físicas se articulam para promover ações filantrópicas.

Em alguns casos, as ações são uma continuidade do que já foi feito ao longo do ano. Um difícil ano.  Desde o começo da pandemia, a campanha Cabo Frio Solidária já entregou cestas de mantimentos para mais de mil famílias de toda a cidade. Como toda criança tem direito de sonhar e brincar, o Papai Noel chegou mais cedo para 150 crianças das regiões do Gargoá, Angelim e Pacheco. O grupo entregou presentes para a garotada, na última quarta-feira (9), em companhia da Oficina de Brinquedos e da Universidade Veiga de Almeida. Organizador das ações, o cineasta Lucas Muller avisa que o trabalho não para por aí. 

– Retornamos a arrecadação de alimentos para famílias da periferia da cidade. Quem quiser doar, é só entrar em contato pelo telefone (22) 99856-3898. Estamos arrecadando cestas, leite, brinquedos, livros infantis, roupas e calçados – anuncia.

O projeto da Oficina de Brinquedos existe há 30 anos, e a responsável é a Claudia Machado. Segundo ela, a atividade tem abrangência para a Universidade em vários aspectos: ambiental, pois evita a poluição, ao fazer a retirada de material que seria jogado fora; social e educacional, ao oferecer kits com livros e revistas em quadrinhos para crianças em comunidades carentes; e acadêmico, proporcionando à comunidade acadêmica da UVA a oportunidade de praticar a teoria. Por exemplo, alunos de engenharia consertam circuitos, alunos de microbiologia fazem desinfecção, etc.

– Toda a vez que fazemos a entrega, sinto um misto de sentimentos. Ficamos felizes em poder levar alguma alegria às famílias, no entanto, também sentimos o fracasso enquanto sociedade, que ainda não conseguimos dar a mínima dignidade a todas as pessoas. Penso que o ideal seria que nenhuma família precisasse do nosso projeto. Mas, enquanto essa realidade não existe, seguimos fazendo a nossa parte.

O Instituto Fome de Pão Sede de Deus também recolhe mantimentos até o dia 22 de dezembro para realizar, pelo quarto ano consecutivo, a campanha ‘Natal Solidário’. Quem quiser fazer a doação pode ir até o ponto de coleta no hipermercado Extra da Rodoviária de Cabo Frio ou entrar em contato pelo WhatsApp (22) 98163-8651.

Apesar das dificuldades, o objetivo da campanha é superar a meta do ano passado, quando 500 famílias foram atendidas.

– Doar é um ato de amor. Realizamos essa campanha desde que chegamos em Cabo Frio. Não tem preço ver a alegria nos olhos das pessoas que recebem a nossa cesta de alimentos. E tenho certeza que esse ano, até por conta da pandemia, teremos uma demanda ainda maior de atendimento. Nesse período pandêmico atendemos mais de seis mil famílias – afirma a responsável pelo instituto, Elisângela Dias.

Contudo, a necessidade não é só de comida. Por esse motivo, pelo segundo ano, a empresária Paula Santa Rosa Basso organiza o ‘Projeto Manjedoura’, que mobiliza amigos e fornecedores para a montagem de kits para mães que não têm condições de comprar o enxoval para seus bebês. 

Paulinha, como é conhecida, recebe as roupinhas usadas em sua loja e as leva para casa, onde um grupo de colaboradores se reúne para lavar e passar as peças. Depois é feita a montagem dos kits, que serão entregues no Hospital da Mulher e em outras maternidades da região. 

– Ano passado, a gente fez e foi um sucesso e, agora, estamos fazendo novamente. Faço com minhas clientes que estão com as crianças maiores e perderam as roupinhas. Elas me dão a roupa; eu coloco produtos da loja, meus fornecedores ajudam, e a gente faz kits para entregar apenas nas maternidades. Muitas mulheres chegam em trabalho de parto sem nem uma peça de roupa para o bebê – observa.

Lar da Cidinha faz campanha para fraldas geriátricas

Com a proximidade dos festejos natalinos, a Igreja Católica também intensifica seus trabalhos de caridade. A Paróquia Nossa Senhora da Assunção lançou na semana passada a campanha ‘Natal de Luz, Natal sem Fome’, que já resultou na entrega de quase oito mil cestas básicas a famílias carentes desde que surgiram os primeiros casos de Covid-19 na cidade.

 No Jardim Esperança, o Lar da Cidinha também recorre à generosidade alheia para aumentar o estoque de fraldas geriátricas na instituição, que também faz parte da Igreja Católica e tem o corpo de funcionários mantido pela Prefeitura de Cabo Frio. De acordo com a coordenadora da instituição filantrópica, Maria das Dores Monteiro Silva, o item é de suma importância para manter a dignidade dos 19 idosos que atualmente são assistidos pelo abrigo.

– Vivemos de doação das pessoas de bem da nossa comunidade. Este ano, estamos vivendo um momento muito difícil, onde todos estão passando por dificuldades e o Lar da Cidinha não seria diferente. Por conta dessa situação, não vamos ter as nossas tradicionais festas com os amigos – explica Dorinha, como é conhecida.

Serviço: 

Cabo Frio Solidária – Arrecadação de cestas básicas, leite, brinquedos, livros infantis, roupas e calçados. Interessados podem entrar em contato pelo número (22) 99856-3898.

Natal Solidário – O Instituto Fome de Pão Sede de Deus recebe doações de alimento até 22 de dezembro no hipermercado Extra, próximo à Rodoviária de Cabo Frio. Os interessados em ajudar podem entrar em contato pelo site: fomedepaosedededeus.org.br, através das mídias sociais do Instituto ou pelo WhatsApp (22) 98163-8651.

Projeto Manjedoura – As doações de peças de enxoval podem ser feitas até 19 de dezembro na loja Bebê e Cia, que fica na Avenida Teixeira e Souza, 347, Centro de Cabo Frio. A cada dez peças doadas, o cliente preenche um cupom e concorre a um vale-compras de R$ 500.

Paróquia Nossa Senhora da Assunção – Informações para doação pelos números (22) 2643-0082 e (22) 98811-7023.

Lar da Cidinha – A instituição recebe doações de fraldas geriátricas dos tamanhos G e GG, material de limpeza e de higiene pessoal e de caixas de leite. O endereço do abrigo é Rua Dimas Teixeira, 191, no Jardim Esperança.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.