Assine Já
quarta, 15 de julho de 2020
Região dos Lagos
20ºmax
14ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 3553 Óbitos: 207
Confirmados Óbitos
Araruama 671 42
Armação dos Búzios 288 8
Arraial do Cabo 88 11
Cabo Frio 1067 66
Iguaba Grande 257 20
São Pedro da Aldeia 565 21
Saquarema 617 39
Últimas notícias sobre a COVID-19
Cabo Frio Tempero

Palmeiras recebe festival ‘Cabo Frio Temperos’

Organização vai promover gincana de coleta de microlixo na área ambiental do evento

29 outubro 2015 - 09h41

Começa nesta quinta-feira (29) e vai até do­mingo (1) o festival ‘Cabo Frio Tempero – Frutos do Mar, Jazz & Blues’, nas Palmeiras, em Cabo Frio. O evento, que abre as festividades por conta do ani­versário de 400 anos de funda­ção da cidade, oferece culinária regional, música, atividades culturais, esportivas e ações de sustentabilidade. Neste quesito, a secretaria de Meio Ambien­te do município vai promover gincana de coleta de microlixo, com direito a premiação por três categorias: lixo mais inusitado, em maior quantidade e mais di­versificado serão os premiados. A ação será realizada com alu­nos da rede municipal de ensino de Cabo Frio e coordenada pela equipe da secretaria. No sábado e no domingo, a partir das 9h, serão ministradas aulas gratui­tas de stand up paddle, cano­as havaianas, canoagem e vela com o professor Fábio Colli­chio, morador do bairro sede do evento, além de biólogo. As inscrições poderão ser feitas na hora do evento. Além das ativi­dades náuticas, o festival terá ainda workshops com chefs, de­gustação de vinhos, palco para shows, grande área ao ar livre para lazer, gincana de pintura, ações ambientais e adoção de animais.

Microlixo – Segundo especia­listas, o microlixo pode causar graves problemas em função da quantidade e volumes descarta­dos, além do tempo prolongado para absorção pela na natureza. As diversas modalidades de mi­crolixo, como bitucas de cigar­ros, pedaços de sacos plásticos, canudinhos de bebidas, papel de bala, de doces, goma de mascar, tampinhas de bebidas e lacres de latinhas podem causar, até mes­mo, a morte de animais. Além disso, os pequenos fragmentos também oferecem riscos à saúde do ser humano.