Assine Já
domingo, 17 de outubro de 2021
Região dos Lagos
23ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52181 Óbitos: 2123
Confirmados Óbitos
Araruama 12321 438
Armação dos Búzios 6500 72
Arraial do Cabo 1720 92
Cabo Frio 14677 858
Iguaba Grande 5464 140
São Pedro da Aldeia 6968 288
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
'MELHOR DO BRASIL NOS EUA'

Palestrante motivacional que mora em Cabo Frio ganha prêmio nos Estados Unidos

Escolhida pelo trabalho com a comunidade brasileira em solo norte-americano, Luciana Padilha receberá homenagem em Londres, no mês de outubro

10 julho 2021 - 09h00Por Rodrigo Branco

Luciana Padilha é o que muita gente costuma chamar de ‘cidadã do mundo’. Com origem no interior de São Paulo, a jornalista e palestrante motivacional Luciana Padilha se divide, há anos, entre Cabo Frio e os Estados Unidos. E é justamente o seu trabalho em solo norte-americano, para onde foi para acompanhar a filha que acabara de entrar na universidade, que acaba de ser reconhecido a ponto de fazê-la receber o prêmio ‘Melhor do Brasil nos EUA’, na categoria ‘Personalidade de Destaque’.

O anúncio do prêmio de Luciana foi feito em maio pela executiva Ângela Hirata, responsável pela internacionalização da marca de chinelos Havaianas. A indicação da empreendedora foi feita por outra brasileira de projeção no exterior, a escritora empresária e escritora mineira, Blenda Bortolini, que mora na Suíça. Assim como os demais laureados das outras categorias, Luciana receberá a homenagem no mês de outubro, em Londres, Reino Unido, no Palácio de Kensington, próximo à realeza britânica. 

Mas antes do ‘conto de fadas’ de rainhas, príncipes e princesas, Luciana teve que batalhar para firmar o seu nome junto à comunidade brasileira que mora na Terra do Tio Sam. Inicialmente, a jornalista começou a trabalhar como correspondente internacional e assessora de imprensa, mas com as portas abertas nos Estados Unidos, sobretudo no estado de Massachusetts, ela criou o projeto Brilive Conference, que ajudou a levar brasileiros com histórias profissionais e de vida extraordinárias para palestrar na prestigiada Universidade de Harvard.

Entre os conferencistas levados por Luciana estão o vendedor de água de Copacabana Rick Chester, que viralizou na internet com o seu vídeo explicativo de como ganhar dinheiro com o negócio, além do jovem empreendedor Matheus Tomoto, autodidata que aprendeu o idioma inglês em apenas três meses e passou para as maiores universidades do exterior. A reputação e influência obtidos na última década também a levaram a abrir as portas para empresários brasileiros que desejavam ampliar seu público e se tornarem conhecidos.

– O meu trabalho é levar para os EUA, países da Europa, Ásia e todo o mundo, histórias de superação de brasileiros que são destaques e autoridades em suas áreas de atuação. Muitas pessoas com muito dinheiro já me pediram para lançá-los no exterior, mas o meu público são àqueles que realmente desenvolvem um trabalho inovador e tem uma história de vida de superação e resiliência – conta Padilha, que se disse “em êxtase” pela premiação.

Sem parar de trabalhar mesmo em meio à pandemia, Luciana recebeu outro prêmio em 2021: o de Embaixadora Internacional da Comunicação pela Academia de Letras e Artes da Cultura do Brasil (ALAC-BR).

Acostumada a projetar histórias de vida, a jornalista também vai abrir as páginas da sua trajetória. Sua biografia internacional será lançada em dois idiomas sobre a sua própria história de superação e empreendedorismo internacional.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.