Assine Já
quarta, 23 de setembro de 2020
Região dos Lagos
21ºmax
16ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7942 Óbitos: 418
Confirmados Óbitos
Araruama 1581 102
Armação dos Búzios 477 10
Arraial do Cabo 231 15
Cabo Frio 2555 140
Iguaba Grande 649 36
São Pedro da Aldeia 1284 51
Saquarema 1165 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
palestra

Palestra sobre 'ideologia de gênero' na Igreja Católica gera polêmica

Evento acontecerá na Paróquia Nossa Senhora Assunção, no centro de Cabo Frio, neste sábado (21)

20 outubro 2017 - 11h04Por Gabriel Tinoco
Palestra sobre 'ideologia de gênero' na Igreja Católica gera polêmica

Bastou a Igreja Católica anunciar palestra ministrada pelo professor Bernardo Küster  sobre “ideologia de gênero” – termo frequentemente utilizado por grupos religiosos que enxergam no debate sobre identidade e equidade de gêneros uma deturpação dos conceitos tradicionais de homem, mulher e família – na Paróquia Nossa Senhora da Assunção, amanhã, às 10h, para o assunto render discussão na cidade.  
De um lado, o padre Matheus Pigozzo sustenta que a ideologia de gênero “é a teoria de que o ser humano não é definido pela biologia, mas sim por sentimentos interiores que vêm ao longo da vida”. Segundo ele, a divulgação do tema é movida por interesses pessoais de quem lucra com a questão. 
De outro, o diretor do Grupo Iguais, que defende os direitos LGBT, Rodolpho Campbell, lamenta o tema da palestra e afirma que a igreja está sendo utilizada como massa de manobra por políticos conservadores. O padre Pigozzo, no entanto, garante que “organismos internacionais é que manipulam as massas para interesses pessoais”.
– Infelizmente, parece um movimento programado. Eles injetam dinheiro nos países para que possam promover ideias que gerem lucro para si próprios. A ideologia de gênero, o aborto, dentre outros temas, estão entrelaçados com esses interesses. A indústria do aborto, por exemplo, ganha milhões. São dados estatísticos que, nos países que aprovam o aborto, o número do procedimento cresce brutalmente – afirma o padre.
Para Rodolpho Campbell, tudo não passa de “cortina de fumaça”.
– Essa questão é uma cortina de fumaça para esconder ações que conservadores usam para segregar a sociedade. Nunca lutamos por ter um banheiro  só ou por um menino não nascer com sexo de menino. O Eduardo Cunha usou isso de artifício para poder boicotar o combate à homofobia dentro do Plano Nacional de Educação. A Igreja vai ser usada como massa de manobra para que políticos conservadores ganhem ibope em cima de uma questão que não existe – dispara.
A ideia da palestra, explica o padre Pigozzo,  surgiu devido a questionamentos dos próprios religiosos acerca do assunto.
– Muitas pessoas trazem dúvidas, geralmente  jovens, por terem ouvido argumentos nas escolas ou faculdade. O evento que estamos promovendo não é religioso. O professor convidado discorrerá sobre teóricos da ideologia de gênero, as intenções do movimento e apresentará bases racionais que refutam a ideia. O intuito é esclarecer de onde vem essa questão, quais são os teóricos e os interesses por trás do tema. Queremos trazer fatos baseados na natureza humana sobre a questão da sexualidade – diz. 
 

* Confira matéria completa na edição desta sexta (20) da Folha dos Lagos.