Assine Já
sábado, 13 de agosto de 2022
Região dos Lagos
25ºmax
15ºmin
VIAJE BEM Confira 331 hospedagens bem avaliadas na Região dos Lagos
PARA ANOTAR E COBRAR

Pacote de obras do Estado para a Região dos Lagos chega a R$ 313 milhões

População pode fiscalizar utilização dos recursos do Pacto RJ, obtidos com venda da Cedae

04 dezembro 2021 - 09h37Por Rodrigo Branco

A Região dos Lagos deverá receber investimentos da ordem de R$ 313,5 milhões do Governo do Estado, nos próximos três anos, para obras nas áreas de infraestrutura, saneamento, mobilidade urbana, Meio Ambiente, Educação e Assistência Social. O pacote faz parte do programa Pacto RJ, cujo orçamento é de R$ 17,96 bilhões, valor arrecadado com a concessão da Cedae. No Portal da Transparência do Pacto RJ (www.pacto.rj.gov.br), a população poderá fiscalizar o andamento das obras e saber em qual estágio se encontra cada um dos projetos.

Somados os sete municípios da Região dos Lagos, estão previstas 24 frentes de obra. Os projetos se encontram em diferentes estágios, de acordo com o Portal da Transparência: em estudo, em projeto, em licitação, em execução e concluído, caso da passarela construída em frente à UPA Pediátrica de São Pedro da Aldeia, na altura do bairro Balneário.

A propósito, o município aldeense é o que receberá a maior fatia de investimentos, com recursos somados na ordem de R$ 142,2 milhões, de acordo com dados do Portal. Todas as intervenções previstas são na extensa malha rodoviária do município, que conta com a RJ-106, que passa por obras de restauração, com construção de pavimento em um trecho de 18 Km, a um custo de R$ 69,9 milhões, o maior a ser gasto em apenas uma frente de trabalho em toda a região. A previsão de término é 1º de junho do ano que vem. Outros trechos da mesma rodovia também passarão por intervenções, assim como a RJ-140, ambas alvos de freqüentes reclamações de motoristas por causa da má qualidade do asfalto e dos buracos.

Em Cabo Frio, estão em fase de licitação um projeto e a execução de obras de dragagem no Canal do Itajuru, importante para a renovação das águas da Lagoa de Araruama. O custo previsto é de R$ 29,5 milhões. Também em fase licitatória está a implantação de um Centro Regional Tecnológico, por R$ 18,1 milhões. O município também fica na expectativa da volta do Café do Trabalhador e da construção de unidades escolares.

Em fase de conclusão, embora no Portal da Transparência a obra apareça como liberada no ultimo dia 1º de dezembro, está a recuperação da encosta da RJ-140 e a construção do mirante na Prainha, em Arraial do Cabo. No mesmo bairro, está prevista a revitalização da orla, que ainda está em projeto, inicialmente orçado em R$ 14,2 milhões.

Já em Búzios, tem previsão de término para 1º de março do ano que vem as obras de drenagem, terraplanagem, restauração de pavimento, pavimentação e construção de ciclovia em um trecho de 5,7 Km na RJ-102. O custo estimado do trabalho é de R$ 32,1 milhões. A restauração de um trecho de 7 Km da mesma rodovia entre a RJ-106 e a Rasa ainda se encontra em fase de estudo. Para essa última obra, o custo estimado é de R$ 17 milhões.

Firjan celebra obras – A inclusão de itens do programa Rio Canteiro de Obras no pacote de ações Pacto RJ anunciado pelo governo do estado é considerada uma importante vitória da indústria fluminense. Em junho, o governador Cláudio Castro recebeu de Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira, presidente da Firjan, um elenco de ações para a melhoria da infraestrutura em todo o estado do Rio e algumas delas foram contempladas, tais como as melhorias operacionais nas rodovias estaduais RJ-140, na Região dos Lagos, e na extensão da Via Light (RJ081), entre a Baixada Fluminense e a Capital.

– A Firjan vê com muita satisfação a inclusão desses pleitos da indústria no Pacto RJ, um programa robusto de ações em infraestrutura, saúde, educação, segurança e outras áreas – comenta Mauro Viegas, presidente do Conselho Empresarial de Infraestrutura da Firjan. Com previsão de R$ 17,96 bilhões em investimentos nos três próximos anos, o Pacto RJ está sendo possível graças à concessão da Cedae, cujo valor da outorga oxigenou o caixa do governo estadual.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.