Assine Já
sábado, 26 de setembro de 2020
Região dos Lagos
29ºmax
19ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 8076 Óbitos: 418
Confirmados Óbitos
Araruama 1625 102
Armação dos Búzios 483 10
Arraial do Cabo 242 15
Cabo Frio 2555 140
Iguaba Grande 671 36
São Pedro da Aldeia 1323 51
Saquarema 1177 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
ouvidoria

Ouvidoria de estudantes completa um ano 

Parcerias com órgãos e secretarias municipais agilizam solução de problema

31 outubro 2014 - 13h21Por Alex Tavares|Fotos: Arquivo Pessoal
Ouvidoria de estudantes completa um ano 

Criado em outubro do ano passado pela Associação Estudantil de Cabo Frio, o projeto ‘Falaê: Faladoria & Resposta’, completa um ano de mediação entre consumidores e empresas prestadoras de serviços superando expectativas. O projeto, idealizado e implantado com o objetivo de identificar as pautas das manifestações de 2013 entre os estudantes de Cabo Frio, teve como foco inicial o transporte público, mas acabou se estendendo por outras áreas conforme as demandas foram sendo identificadas.

De acordo com Matheus Avilino, presidente da Associação Estudantil de Cabo Frio, a maioria das reclamações gira em torno de problemas no transporte público, saúde, educação, telefonia móvel e limpeza urbana. Nos primeiros 12 meses de atividade, cerca de quatro mil ligações foram contabilizadas. Após o registro, a demanda é protoco-lada e repassada ao setor da empresa responsável pelo assunto. A resposta é disponibilizada pela ouvidoria através de vídeos divulgados na internet e todo o processo pode ser acompanhado pelo requerente através do protocolo numérico.

– Não tínhamos a noção da proporção que esse projeto ganharia. Felizmente, conseguimos fazer parcerias com órgãos e secretarias municipais de extrema importância, o que representa um avanço significativo na eficiência do nosso trabalho e na me-lhoria da prestação dos serviços. Como o projeto ganhou novas proporções, colocamos em funcionamento o ‘Falaê Informando’, ferramenta que nos possibilita dar o feedback (retorno) das solicitações feitas através do nosso 0800. Trata-se de vinhetas de aproximadamente 60 segundos que são veiculadas na nossa página do Facebook. Nelas, divulgamos a demanda requerida, o oficio protocolado pela empresa e a resposta da mesma. Conseguimos parcerias importantes com algumas das áreas que mais recebem reclamações, como a secretaria de Saúde, a empresa que presta serviço de transporte público na região – destacou.

O presidente da Associação de Estudantes de Cabo Frio observa que a ouvidoria tem apenas a função de mediar os conflitos, cabendo às empresas responsáveis o papel de solucionar os problemas constatados.

– Não temos a capacidade de resolver os problemas diretamente, apenas encaminhamos as demandas para os responsáveis e tentamos agilizar a resolução dos mesmos. Contamos ainda com a parceria de órgãos como a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que nos dá o respaldo jurídico necessário, além da parceria com veículos de comunicação e com a secretaria de Saúde de Cabo Frio. Devido à quantidade de reclamações sobre o transporte, coordenadores do projeto se reúnem regularmente com representantes da empresa responsável pelo transporte coletivo. Nas reuniões, os diretores da empresa analisam as reivindicações e buscam respostas para cada solicitação. Infelizmente, a mesma recep-tividade e percepção da importância do nosso trabalho não é compartilhada pela Companhia de Serviços de Cabo Frio (Consercaf) e secretária de Educação, alvos constantes de criticas, mas que fecham as portas para nossa tentativa de mediação – revelou Matheus Avilino.

O telefone de atendimento do ‘Falaê: Faladoria & Resposta’ é 0800-020-0808. As demandas podem ser feitas de forma anônima, de segunda a sexta, de 7h às 19h.