Assine Já
terça, 07 de dezembro de 2021
Região dos Lagos
25ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 53859 Óbitos: 2198
Confirmados Óbitos
Araruama 12575 449
Armação dos Búzios 6589 73
Arraial do Cabo 1755 93
Cabo Frio 15647 903
Iguaba Grande 5581 147
São Pedro da Aldeia 7057 290
Saquarema 4655 243
Últimas notícias sobre a COVID-19
Trânsito

Número de vítimas de acidentes sobe 26% este ano

Dados entre janeiro e julho comparados a 2018 fazem parte de estudo do Detran e ISP 

18 setembro 2019 - 20h10Por Rodrigo Branco
Número de vítimas de acidentes sobe 26% este ano

O trânsito da Região dos Lagos está mais hostil este ano. De acordo com dados de um levantamento conjunto feito entre o Detran-RJ e o Instituto de Segurança Pública (ISP), houve aumento de 26% no número de vítimas (fatais ou não) de acidentes em relação a 2028, levando em conta o período entre os meses de janeiro e julho. As estatísticas fazem parte do estudo que deu origem ao ‘Dossiê Trânsito’, divulgado ontem, dia que marcou a abertura da Semana Nacional do Trânsito.

Nos sete primeiros meses deste ano, foram contabilizadas 993 vítimas de acidentes nas ruas, avenidas e rodovias que cortam os sete municípios da região. No mesmo período de 2018, essa quantidade foi de 786. A cidade que registrou o maior número de vítimas foi Araruama; com 278, seguida por Cabo Frio (250); Saquarema (203); São Pedro da Aldeia (122); Búzios (62); Iguaba Grande (40) e Arraial do Cabo (38). Percentualmente, o município que teve o maior aumento na quantidade de vítimas foi Iguaba, com 90,4%. O menor acréscimo percentual foi em Saquarema, com 4,6%.

Outra estatística a que a reportagem teve acesso foi a de número de infrações de trânsito, como excesso de velocidade e direção sem carteira de habilitação, entre outros. Nesse aspecto, o comportamento do motorista da Região dos Lagos teve pouca alteração. Entre janeiro e julho de 2019, foram registradas 97.678 infrações, contra 96.678 no mesmo período do ano passado. Isso representa um aumento de 0,9%.
Colocando uma ‘lupa’ sobre os números, é possível ver que houve melhora no comportamento dos motoristas de Cabo Frio, Arraial do Cabo e Saquarema. Nos três municípios, houve redução nas ocorrências de trânsito. Em Cabo Frio, a queda foi de 21%; em Arraial do Cabo, de 47,2%; e, em Saquarema, de 74%. 

Na ‘contramão’ da tendência de queda aparece Araruama, que subiu de 8.378 infrações de trânsito de janeiro a julho de 2018, contra 30.863 nos sete primeiros meses deste ano. Isso significa que o índice disparou 268% no município araruamense em apenas um ano. 
Ao longo de todo oano de 2018, segundo o Detran-RJ, a Região dos Lagos teve computadas 155.422 infrações de trânsito e 1.357 vítimas de acidente de trânsito.

 Apesar de o levantamento não fazer a separação entre acidentes com veículos de duas ou quatro rodas, o instrutor e especialista em trânsito Walter Santos demonstra preocupação especial com as motos que, segundo ele, estão “abusando muito”. Sobre o aumento do número de vítimas, Walter aponta dois fatores como os principais.

– A sinalização vertical e horizontal são deficientes. E a gente tem outro problema. Os policiais e agentes de trânsito estão engessados pela lei e isso prejudica a fiscalização. Estou muito preocupado – afirmou o instrutor.