Assine Já
quarta, 08 de julho de 2020
Região dos Lagos
29ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
TEMPO REAL Suspeitos: 307 Confirmados: 3144 Óbitos: 189
Suspeitos: 307 Confirmados: 3144 Óbitos: 189
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 261 601 41
Armação dos Búzios X 265 7
Arraial do Cabo 9 83 11
Cabo Frio X 959 61
Iguaba Grande 13 218 20
São Pedro da Aldeia 17 500 18
Saquarema 7 518 31
Últimas notícias sobre a COVID-19
Dia Internacional do Consumidor

No Dia do Consumidor, Procon alerta sobre direitos

Coordenadora diz que fornecedores precisam respeitar consumidores

15 março 2016 - 10h45
No Dia do Consumidor, Procon alerta sobre direitos

No Dia Internacional do Consumidor, a Coordenadora de Atendimento do Procon Estadual, Soraia Panella, fala de avanços, faz um alerta ao consumidor sobre os seus reais direitos e diz o que deve ser feito em tempos de crise. Confira a entrevista concedida à Folha dos Lagos.

 

Folha - Quais as empresas recordistas de reclamações no estado do Rio de Janeiro?

Soraia Panella - Bancos, concessionárias de serviços públicos (luz e gás), e empresas de telefonia e de TV por assinatura.

Folha -  O consumidor fluminense está mais consciente hoje do que era há anos atrás? Por quê?

Soraia - Sim. De um modo geral, as pessoas estão consumindo mais e há mais divulgação dos direitos dos consumidores.

Folha - No que ainda é preciso avançar?

Soraia - O fornecedor do produto ou serviço precisa respeitar mais o consumidor e o consumidor, por sua vez, precisa ter um conhecimento maior dos seus direitos. Muitos vêm ao Procon achando que têm um direito que, na verdade, não têm.

Folha -  Em tempos de crise e atrasos salariais em prefeituras e no estado, as contas se avolumam e os juros bancários disparam. Como deve ser o comportamento do consumidor para evitar abusos?

Soraia - O consumidor deve pesquisar bastante antes de fechar o negócio. O consumidor é o termômetro do mercado. Se há uma condição abusiva que ninguém aceita, o mercado é obrigado a mudar essa condição. E, caso encontre algum problema mesmo depois de já ter fechado o empréstimo, deve procurar o Procon para fazer uma reclamação.