domingo, 16 de junho de 2024
domingo, 16 de junho de 2024
Cabo Frio
20°C
Park lagos
Park Lagos 2
Geral

Navegador espanhol bate em rochas e veleiro encalha na Praia do Forte, em Cabo Frio

Velejador saiu da Palma de Maiorca há 3 meses e errou manobra na entrada do Canal Itajuru

10 maio 2019 - 11h16
Navegador espanhol bate em rochas e veleiro encalha na Praia do Forte, em Cabo Frio

TOMÁS BAGGIO

Um veleiro espanhol está encalhado na Praia do Forte, em Cabo Frio, nesta sexta-feira (10) após bater em rochas na noite anterior na entrada do Canal Itajuru. Segundo a Guarda Maritima de Cabo Frio, o velejador espanhol errou uma manobra e a quilha da embarcação bateu em rochas no fundo do mar. Ele tentou passar da vela para o motor, que não funcionou. A embarcação ficou à deriva e foi levada pela correnteza até a areia da praia.

Segundo o comandante da Guarda Marítima de Cabo Frio, Paulo Fernando, o navegador velejava sozinho há três meses. Ele saiu de Palma de Maiorca, na Espanha, e no litoral do Brasil já havia passado por Natal (RN) e Salvador (BA). O espanhol estava ancorado em Búzios e pediu orientações para chegar na delegacia da Capitania dos Portos mais próxima, no caso, a de Cabo Frio.

- Estava anoitecendo e ele não conhecia a entrada do Canal. Pelo que nos contou, perdeu a quilha na altura da Pedra da Baleia (na Boca da Barra, entrada do Canal Itajuru pelo Forte São Mateus). A quilha tem 1,5 metro e ele passou por um local que não tinha calado suficiente (profundidade mínima necessária). O mar estava mexido, um pouco alto e ele ficou sem comando. Tentou acionar o motor, mas não respondeu e acabou parando na areia - disse Paulo Fernando.

Uma operação foi montada na manhã desta sexta para retirar o veleiro do local. Além da Guarda Marítima, agentes da Capitania dos Portos também estão no local.

- Vai ser uma operação bem complicada. São quase 7 toneladas e o barco está com água. Vai precisar ser desmontado e o mastro tem um peso muito grande. Depois terá que ir para um estaleiro para recuperar a quilha e voltar a velejar - explicou o comandante da Guarda Marítima.

O veleiro da fabricante alemã Bavária tem cerca de 9 metros de comprimento e peso leve de 6,5 toneladas.