Assine Já
domingo, 16 de maio de 2021
Região dos Lagos
25ºmax
15ºmin
Alerj
Alerj
TEMPO REAL Confirmados: 38271 Óbitos: 1463
Confirmados Óbitos
Araruama 9632 300
Armação dos Búzios 4705 57
Arraial do Cabo 1332 69
Cabo Frio 10222 542
Iguaba Grande 3800 93
São Pedro da Aldeia 5306 227
Saquarema 3274 175
Últimas notícias sobre a COVID-19
MP

MP recebe denúncia contra eleição do Conselho Tutelar de Cabo Frio

Conselheiro pede anulação do pleito e impugnação de candidatos

08 outubro 2015 - 10h08Por Nicia Carvalho

A polêmica envolvendo a eleição, no último domingo, para a nova composição do Con­selho Tutelar em Cabo Frio e no segundo distrito do município ganha mais um capítulo esta se­mana com a denúncia protocola­do no Ministério Público sobre diversas irregularidades no pro­cesso eleitoral. Por conta disso, o conselheiro Manoel Nunes pe­diu a anulação do pleito e a im­pugnação dos candidatos devido a envolvimento político.

– O Conselho da Criança não organizou como deveria, não fiscalizou, mesmo quando in­formávamos que estava aconte­cendo boca de urna, compra de voto, só pra citar algumas infra­ções. Temos testemunhas e ane­xamos provas, como vídeos e fotos, ao processo aberto no MP – contou Manoel Nunes, conse­lheiro em Cabo Frio e candidato à reeleição.

Segundo ele, as irregularida­des, que ferem vários artigos da Resolução 170 do Conanda (Conselho Nacional dos Direi­tos da Criança e do Adolescen­te), foram desde boca de urna, compra de voto, distribuição de panfletos, além de fretamento de ônibus e vans, por parte de políticos da cidade, para transporte de eleitores, conforme a Folha noticiou na edição da última se­gunda-feira. O denunciante dis­se ainda que a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), a Vara de Infância, Juventude e Idoso, bem como a Corregedo­ria do MP e o Conselho Munici­pal da Criança e do Adolescente (CMDCA) também receberam cópias da denúncia.

– O certo seria a eleição tinha que ser anulada, mas não sabe­mos se o MP vai acatar – contou Flávia Alexandre, conselheira ti­tular de Cabo Frio.

 

*Leia a matéria completa na edição impressa desta quinta-feira (8)