Assine Já
domingo, 17 de outubro de 2021
Região dos Lagos
23ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52181 Óbitos: 2123
Confirmados Óbitos
Araruama 12321 438
Armação dos Búzios 6500 72
Arraial do Cabo 1720 92
Cabo Frio 14677 858
Iguaba Grande 5464 140
São Pedro da Aldeia 6968 288
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
Escoteiros

​Movimento escoteiro contribui para desenvolvimento de crianças e jovens em Cabo Frio

Atualmente, o município conta mais de 80 integrantes

07 agosto 2019 - 19h04Por Redação I Foto: divulgação
​Movimento escoteiro contribui para desenvolvimento de crianças e jovens em Cabo Frio

Estimular a juventude a assumir o protagonismo de seu próprio desenvolvimento e da comunidade ao seu redor, num conjunto de valores que envolvam lealdade, cortesia e educação. Essa é a base do escotismo. Em Cabo Frio, o movimento educacional existe há 30 anos e conta com dois grupos.

O Grupo Escoteiros Manoel Rocha, formado há 30 anos em Cabo Frio, se encontra todos os sábados na sede do Lions Clube e segue para suas atividades na Fonte do Itajuru, das 9h30 às 12h. Os participantes são divididos em três sessões: Lobinho, de seis anos e meio aos 11 anos completos; Tropa Escoteira de 11 a 15 anos completo; e Sênior de 15 a 18 anos completos. Interessados em participar podem realizar a inscrição aos sábados, às 9h, na sede do Lions Clube, situado à Rua José Paes de Abreu, número 03, Centro.

“Nosso grupo retomou os encontros em janeiro de forma provisória e agora no início do mês de agosto conseguimos os registros definitivos com a coordenação distrital e nacional. A expectativa é de chegar a 80 crianças e jovens inscritos nos próximos meses”, comentou o diretor de métodos educativos, Ilealdo Mello.

Com 11 anos de fundação e atendendo cerca de 65 participantes, o Grupo Escoteiro 83º de Cabo Frio realiza suas atividades no turno da tarde, das 14h30 às 17h, no Horto Municipal. Para participar basta comparecer ao local no horário das atividades e conversar com a coordenação. Atualmente, há uma lista de espera para a faixa etária de 7 a 10 anos.

Ambas agremiações estão sob a supervisão do Coordenador Distrital da Região dos Lagos, Newton Carlos Aguiar de Oliveira, que acompanha de perto a formação de novos membros.
“A formação é bastante rigorosa para adultos que desejam ingressar no movimento escoteiro, os cursos de formação têm foco na proteção infanto-juvenil. Além disso, os instrutores assinam um termo de compromisso autorizando que suas vidas sejam analisadas, garantindo que estejam aptos a desempenhar a função. Todo o processo é bastante rigoroso”, explicou.

Os inscritos nas atividades contribuem com uma taxa simbólica mensal de participação para custear os materiais utilizados durante as atividades e acampamentos.
Sobre o escotismo

O escotismo foi fundado em 1907, por Robert Stephenson Smyth Baden-Powell, e tem, atualmente, em torno de 40 milhões de participantes no mundo inteiro. Os participantes são incentivados por meio de atividades com jogos ao ar livre, exercícios, excursões e acampamentos, que exigem concentração e esforço, noções de liderança e envolvimento em ações coletivas e sustentáveis. Essas atividades geram autoconfiança e auxiliam jovens tímidos ou inseguros a tornarem-se novos líderes.