Assine Já
sexta, 25 de setembro de 2020
Região dos Lagos
27ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 8032 Óbitos: 418
Confirmados Óbitos
Araruama 1614 102
Armação dos Búzios 477 10
Arraial do Cabo 241 15
Cabo Frio 2555 140
Iguaba Grande 671 36
São Pedro da Aldeia 1309 51
Saquarema 1165 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
febre amarela

Morre menino de Cabo Frio que teve reação à vacina da febre amarela

Jovem estava internado na Baixada com infecção no osso que, a princípio, não tem relação com imunização

07 junho 2017 - 12h25Por Redação
Morre menino de Cabo Frio que teve reação à vacina da febre amarela

Morreu na noite desta terça-feira (6) o jovem cabofriense Cauã Rodrigues, de 13 anos, que estava internado desde o último domingo (4) no Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Depois de sofrer com reações adversas após ser vacinado contra febre amarela no PAM de Santo Antônio, em Tamoios, em 23 de março, o adolescente contraiu uma ostomielite (infecção nos ossos), que o levou a ser hospitalizado na rede municipal no último dia 26.

No fim de semana, ele foi transferido para a unidade da Baixada, onde passou por uma cirurgia. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, o caso está sob investigação. A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio, ficará responsável pelos exames. 

Em nota, a secretaria municipal de Saúde informou que, após a vacinação, em 10 de abril, Cauã passou a apresentar febre, dor de cabeça e dor muscular, sendo monitorado até 20 de abril. O caso foi notificado ao Governo do Estado  e foi registrado como "evento adverso à vacinação contra febre amarela". A pasta disse ainda que o jovem se recuperou e teve alta médica em 11 de maio. O caso diagnosticado como evento adverso foi encerrado em 23 de maio, após o resultado exames clínicos.  

Três dias depois, contudo, Cauã foi novamente hospitalizado e rebeu o diagnóstico da ostomielite que, segundo a secretaria municipal de Saúde, "a princípio não tem nenhuma relação com a reação adversa à vacina contra febre amarela". O corpo de Cauã será velado e sepultado em Cabo Frio, provavelmente hoje.