domingo, 26 de maio de 2024
domingo, 26 de maio de 2024
Cabo Frio
22°C
Park lagos
Park Lagos 2
edson

Morre Edson Bueno, aos 73 anos

Fundador da rede de planos de saúde Amil infartou enquanto jogava tênis em Búzios

14 fevereiro 2017 - 13h17
Morre Edson Bueno, aos 73 anos

O fundador da rede de planos de saúde Amil, Edson Bueno, morreu enquanto jogava tênis em Búzios, nesta terça-feira, aos 73 anos. O empresário sofreu um infarto.

Atualmente, Edson Bueno era presidente do conselho do UnitedHealth Group na América Latina. Ele vendeu a companhia ao grupo americano por R$ 10 bilhões. Em 2014, Edson comprou o controle da Dasa Diagnósticos, considerada maior rede de laboratórios do Brasil.

O UnitedHealth Group lamentou, através de comunicado, a morte do empresário e ratificou o papel na reorganização da empresa.

“A companhia compartilha o pesar de sua família – esposa, filhos e netos –, dos inúmeros amigos e dos 32 mil colaboradores que tiveram a oportunidade de trabalhar com ele”, afirma a nota.

História

O empresário nasceu em Guarantã, no interior de São Paulo, com uma origem pobre. Aos 10 anos, ele chegou a trabalhar como vendedor de frutas e engraxate. Bueno se inspirou no único médico de sua terra natal, Moacir Carneiro. Ele se formou na UFRJ.

A escolha pela medicina como carreira foi inspirada no então único médico de sua cidade, Dr. Moacir Carneiro. Bueno estudou na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Ele trabalhou na Casa de Saúde São José, em Duque de Caxias, da qual se tornou dono posteriormente. Cinco anos mais tarde, fundou a Rede Esho.

Em 1978, ajudou a fundar a Amil Assistência Médica Internacional. Entre outras conquistas, Bueno se tornou vice-presidente da Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde) e presidente do Conselho Diretor do Instituto de Estudos em Saúde Suplementar (IESS).