Assine Já
terça, 22 de setembro de 2020
Região dos Lagos
19ºmax
16ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7914 Óbitos: 414
Confirmados Óbitos
Araruama 1580 102
Armação dos Búzios 474 10
Arraial do Cabo 231 13
Cabo Frio 2555 140
Iguaba Grande 640 34
São Pedro da Aldeia 1284 51
Saquarema 1150 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
Jacaré

Moradores do Jacaré comemoram nova realidade do bairro

Mais seguro, local tem visto melhora no comércio e em outras áreas

19 abril 2017 - 07h47Por Texto e foto: Gabriel Tinoco
Moradores do Jacaré comemoram nova realidade do bairro

O bairro do Jacaré, em Cabo Frio, vive um momento de oti­mismo. Quem passeia pelas ruas sente o clima de positividade a cada esquina. A falta de segu­rança pública, um dos grandes problemas vividos pelos mora­dores, virou página do passado. Pelo menos é o que garantem os moradores. Com uma política de proximidade com a comunidade implantada pela PM, a sensação de segurança influencia até mes­mo nas vendas do comércio.

– O importante é a polícia de proximidade. Fizemos ação na Páscoa, no Natal e temos uma escolinha de futebol. Além dis­so, fizemos uma série de opera­ções. Uma delas, na última sex­ta-feira, culminou na apreensão de 30 kgs de maconha. É impor­tante estar ali protegendo a po­pulação – afirma o comandante do 25º BPM, tenente-coronel André Henrique de Oliveira.

A presidente do Conselho Co­munitário de Segurança (CCS), Patrícia Cardinot, ressalta a im­portância do Destacamento de Po­liciamento Ostensivo (DPO) para a sensação de paz nos dias atuais.

– O DPO do Jacaré é de gran­de necessidade. Antes, ali era um trailer sem a menor condição de higiene e de limpeza e até mesmo de segurança aos policiais. Todos os bairros adorariam ter um des­tacamento, mas o problema é que depende do efetivo à disposição do 25º BPM – revela a presidente.

O presidente da Associação dos Moradores do Bairro Jacaré (AMBJ), Jorge Luís Santos, não esconde a satisfação.

– De cinco a seis anos para cá, o bairro cresceu muito devido à instalação do DPO. O comércio estar mais forte é uma consequ­ência da vinda da polícia para cá.

Na mesma rua, as filas enor­mes nos mercados comprovam que o momento é de prosperidade para os comerciantes do bairro.

– O movimento está bom. O comércio fortaleceu depois da chegada do DPO – comenta o subgerente do Econômico, Ama­rildo Fonseca, 40.

Até mesmo o turismo se for­taleceu com a segurança cons­tante do Jacaré. O bairro ganhou inúmeras pousadas. Além disso, uma casa lotérica facilita a vida dos moradores. De bom humor, o servente Manoel Jesus de Lima, 53, lembra dos tempos em que pre­cisava ir ao centro da cidade para pagar contas ou fazer compras.

– Em muita coisa, precisáva­mos ir ao Centro. A gente che­gava lá e estava com aquela fila enorme. O comércio tem se for­talecido muito no Jacaré. Não precisamos mais sair daqui para nada – analisa.

O empresário Rafael de Souza, 29, está contente pela abertura de lojas na rua mais movimentada do Jacaré.

– A Rua Samuel Bessa está se desenvolvendo bastante. Veja quantos carros passam por aqui. Isso porque é a passagem mais rápida para Búzios. Muitas casas antigas viraram lojas – finaliza.