Assine Já
sexta, 24 de janeiro de 2020
Região dos Lagos
23ºmax
19ºmin
Apartamento
alecrim

Moradores do Alecrim fazem protesto após bairro ser castigado pela chuva (veja vídeo abaixo)

Pneus e colchões foram queimados; diversas casas foram alagadas na madrugada deste sábado

12 julho 2014 - 16h26Por Johnny Costa
Moradores do Alecrim fazem protesto após bairro ser castigado pela chuva (veja vídeo abaixo)

Após a chuva castigar mais uma vez o Alecrim, em São Pedro da Aldeia, moradores  fazem protesto desde a manhã deste sábado (12). Eles queimaram pneus, colchões e colocaram pedaços de árvore na entrada do bairro, impedindo a entrada de caminhões de lixo, carros de passeio e outros veículos. Também espalharam manilhas no meio das ruas. Elas foram levadas pela prefeitura, com a promessa de tapar o valão, mas o trabalho ainda não foi realizado.

A chuva começou às 4h da madrugada deste sábado.  Os vizinhos alertaram uns aos outros do perigo e se ajudaram.  Casas ficaram totalmente alagadas. Em algumas delas, a água subiu cerca de 50 centímetros. A área mais afetada é o local conhecido como Lagoa do Português, de onde a água da chuva escoa até outras residências. Antigo problema, o valão traz mau cheiro e risco de doenças. A reportagem da Folha dos Lagos flagrou caramujos africanos.

– Essas manilhas foram colocadas aqui pela prefeitura, mas não fizeram mais nada. Hoje, resolvemos protestar – disparou Angélica Conceição Batista, de 37 anos.

– São 46 anos de promessa para o bairro. Nada até hoje foi cumprido –  reclamou José Gomes, 50 anos, serralheiro.