Assine Já
quarta, 27 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
31ºmax
22ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 22503 Óbitos: 742
Confirmados Óbitos
Araruama 5567 166
Armação dos Búzios 2960 30
Arraial do Cabo 651 33
Cabo Frio 6068 247
Iguaba Grande 1988 50
São Pedro da Aldeia 3048 106
Saquarema 2221 110
Últimas notícias sobre a COVID-19
INICIATIVA POPULAR

Moradores da Vila do Sol fazem mutirão contra enchentes

Grupo troca manilhas no bairro, mas prefeitura afirma que obra é irregular e passível de multa

29 janeiro 2020 - 21h06Por Rodrigo Branco

A forte chuva que caiu sobre a região há cerca de dez dias foi a ‘gota d’água’ para que os moradores da Vila do Sol arregaçassem as mangas para dar um basta aos alagamentos que causam prejuízos, há muitos anos, aos donos de imóveis no bairro, situado nas proximidades do aeroporto internacional de Cabo Frio. Desde o fim da semana passada, um grupo realiza um mutirão para a substituição de manilhas, a fim de tentar melhorar o escoamento da água em caso de temporal.

Os moradores reclamam que a prefeitura não faz a manutenção das estruturas subterrâneas nem a desobstrução dos bueiros, motivo que os levou a botar a mão na massa. O grupo também se queixa que, depois de comprar o material, a Secretaria de Obras não forneceu equipamentos e funcionários para o serviço. O presidente da Associação de Moradores da Vila do Sol, Roberto Souza, explica que foi feita uma ‘vaquinha’ para levantar os recursos para a realização da obra, mas como o dinheiro foi insuficiente para o aluguel de máquinas, a própria população local teve que fazer o serviço. O custo total, ele acredita, deve chegar a R$ 5 mil.

– Criamos um livro de ouro. São muito moradores, pedimos ajuda de rua em rua porque a gente não aguenta mais tomar prejuízo. As pessoas pintam suas casas e toda vez que chove e alaga, destrói os móveis. Paramos de esperar o poder publico porque ele não vem. Vamos continuar no domingo que vem para amenizar esse problema – disse Roberto.

O líder comunitário explica que pelo fato de o bairro ser plano, quase no nível do mar, dificilmente o problema será completamente resolvido. Para piorar, ele comenta, não há sistema de saneamento no local. Desta forma, o esgoto é jogado diretamente na Lagoa de Araruama, sem tratamento. Com o crescimento urbano, também foram feitas muitas ligações clandestinas às manilhas, que estão sobrecarregadas. 

– A gente não pode esperar pela prefeitura porque ela não faz. É muito chato estar em casa e ter medo que ela fique alagada ou de perder os móveis. Ficar sem dormir. A gente quer evitar contato com esse esgoto com fezes e xixi de rato pra trazer doença para os moradores – concluiu o líder comunitário.

Em nota, a Secretaria de Obras de Cabo Frio informou que dois engenheiros foram até o local para analisar a situação e o deslocamento da rede pluvial para o destino final. A pasta alega que os moradores queriam que os funcionários tivessem os equipamentos para execução do serviço imediato, sem qualquer planejamento e legalidade. 

O texto diz também que “a Prefeitura está à disposição da população, mas ressalta que todo o trabalho é feito dentro da lei vigente e dos procedimentos oficiais”. Além disso, “reitera que ninguém está autorizado a executar serviços públicos sem documentar junto ao governo municipal” e que a “irregularidade é passível de multa”.

Por sua vez, a Prolagos  disse que o bairro Vila do Sol faz parte do plano de expansão do sistema de esgotamento sanitário coleta em tempo seco. De acordo com o Código de Postura Municipal, os imóveis situados nas localidades ainda não contempladas com este sistema devem estar ligados a um sistema próprio de fossa, filtro e sumidouro.

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.