Assine Já
segunda, 23 de maio de 2022
São Paulo
23ºmax
11ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 89397 Óbitos: 2439
Confirmados Óbitos
Araruama 17822 469
Armação dos Búzios 8585 77
Arraial do Cabo 2120 96
Cabo Frio 21771 1002
Iguaba Grande 16473 153
São Pedro da Aldeia 10607 298
Saquarema 12019 344
Últimas notícias sobre a COVID-19
VOLUNTARIADO

Moradora de Cabo Frio cuida dos jardins da Praça Porto Rocha

Izabel Grubel já plantou mais de 100 mudas através do projeto 'Viva o Florescer'

28 janeiro 2022 - 11h58Por Cristiane Zotich

Dizem que “uma andorinha só não faz verão”, mas, por sorte, a administradora de imóveis, Izabel Grubel, fez ouvido de mercador e decidiu se lançar sozinha numa missão voluntária, em Cabo Frio: revitalizar as ruas da cidade através da jardinagem. Com o projeto “Viva o Florescer”, em um ano e seis meses ela já conseguiu plantar mais de 100 mudas de ipê, abricó, aroeira, flamboyant e ficus, além de centenas de flores de várias espécies.

O trabalho de Izabel começou com o plantio de mudas na Avenida Nilo Peçanha. Mas ela queria um espaço maior, onde pudesse plantar flores. Foi aí que o projeto chegou na Praça Porto Rocha, que estava abandonada na época.

– Comecei esse projeto sozinha, e aí surgiram duas voluntárias: a Márcia ficou algumas semanas comigo, mas precisou se afastar por problemas pessoais, e a Bernadete, que tem um grande entusiasmo, não está mais no Brasil, mas disse que quando voltar continuará no projeto. Ou seja, continuo sozinha, e por isso não consigo expandir – contou.

Natural da cidade de Ponta Grossa, no estado do Paraná, ela conta que por lá o verde ainda é respeitado. E desde que se mudou para Cabo Frio, há 8 anos, percebeu que não havia, por aqui, nenhuma motivação pela manutenção de áreas verdes e jardins.

– Acredito que vou morar muito tempo aqui, então resolvi cuidar de um cantinho onde eu pudesse ver pássaros, borboletas e abelhas, porque isso é fantástico. 

Na missão de tornar Cabo Frio mais verde, Izabel conta com apoio da Prefeitura, que segundo ela, cedeu um ponto de água. Além do governo, ela também conta com apoio de moradores e empresas que fazem doação de mudas.

– Tem o senhor Fragoso, Bernadete e Márcia; o secretário de Governo, Davi Souza; a Daise, da Engeluz, que doou a mangueira; o Horto Municipal também contribui. Já a manutenção sempre foi feita por mim, com recursos próprios, mas agora também tenho ajuda, uma vez por mês, da Ecomix, que cede dois rapazes para me ajudar a cortar a grama. Mas continuo precisando de ajuda na manutenção, principalmente para molhar, que é o mais difícil da tarefa. Quem quiser doar mudas de flores e árvores, adubos, e madeira para proteger muda, também estamos aceitando, assim como ferramentas, roupas de proteção contra o calor, chapéu, óculos… Tudo é bem vindo. Quem quiser ajudar, pode entrar em contato comigo pelo whatsapp (42) 99905-1234 ou pelo Instagram @grubelizabel. O importante é a gente acreditar, sonhar, transformar o que o homem está destruindo. Assim teremos um futuro onde poderemos respirar melhor, porque a saúde depende da natureza – contou.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.