Assine Já
quarta, 08 de julho de 2020
Região dos Lagos
29ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
TEMPO REAL Suspeitos: 307 Confirmados: 3144 Óbitos: 189
Suspeitos: 307 Confirmados: 3144 Óbitos: 189
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 261 601 41
Armação dos Búzios X 265 7
Arraial do Cabo 9 83 11
Cabo Frio X 959 61
Iguaba Grande 13 218 20
São Pedro da Aldeia 17 500 18
Saquarema 7 518 31
Últimas notícias sobre a COVID-19
RISCO DE INDÊNCIO

Morador de rua preocupa comerciantes de Cabo Frio ao mexer com fogo em calçada

Caso acontece na Avenida Getúlio Vargas, no Centro

27 junho 2020 - 14h42Por Redação

Um morador de rua está preocupando os comerciantes de Cabo Frio ao mexer com fogo em uma calçada na Avenida Teixeira e Souza, no Centro.

Marilúcia Abraão, gerente de uma loja de utilidades da avenida, conta que o morador de rua utiliza o local para dormir, além de improvisar um fogão com tijolos.

O dono do estabelecimento já tentou entrar em contato com a Secretaria de Posturas do município, mas não conseguiu.

– A situação é muito perigosa porque aqui na loja existem vários artigos de plástico. Quando abrimos o estabelecimento, colocamos alguns desses objetos na frente da loja para chamar atenção das pessoas que passam por perto. O risco de uma tragédia acontecer é grande porque plástico e fogo não se dão bem, né? – desabafa a gerente.

Marílúcia também conta que antes da quarenta, causada pelo novo coronavírus, até uma barraca de campping foi montada na calçada.

Ainda de acordo com a gerente, a Guarda Municipal já foi acionada. O morador de rua saiu, no primeiro momento, mas depois retornou.

– A situação hoje [sábado] está muito nojenta. É uma mistura de água suja, restos de comida...As pessoas acabam desviando o caminho pela rua para evitar passar pela calçada – afirma a Marilúcia.

A Folha tenta contato com a Prefeitura de Cabo Frio para confirmar o número do telefone da Secretaria de Posturas, e aguarda um posicionamento do órgão sobre a situação.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa. Ligue já ou envie mensagem pelo WhatsApp: (22) 99933-2196.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.