Assine Já
terça, 14 de julho de 2020
Região dos Lagos
23ºmax
15ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Suspeitos: 310 Confirmados: 3455 Óbitos: 200
Suspeitos: 310 Confirmados: 3455 Óbitos: 200
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 274 658 42
Armação dos Búzios X 279 8
Arraial do Cabo 9 88 11
Cabo Frio X 1037 64
Iguaba Grande 14 257 20
São Pedro da Aldeia 4 537 20
Saquarema 9 599 35
Últimas notícias sobre a COVID-19
ministerio

Ministério Público pede esclarecimentos sobre rede municipal de saúde de Cabo Frio

Medida foi tomada após vistoria nesta quarta (18) na Unidade de Pronto Atendimento e no Hospital São José de Operário

19 novembro 2015 - 19h35

O Ministério Público notificou a Prefeitura de Cabo Frio. Após vistoria, na última quarta-feira (18) na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Parque Burle, e no Hospital São José Operário, em São Cristóvão, o órgão deu um prazo de 20 dias para que a Secretaria de Saúde e a Procuradoria Geral se manifestem sobre as irregularidades na pasta. 

A promotora Marcela do Amaral pediu esclarecimentos sobre os motivos que levaram à redução dos valores dos salários dos médicos sem prévio aviso, à suspensão das cirurgias eletivas e à falta de medicamentos e insumos no hospital. Quanto à UPA, foram solicitadas providências para resolver o problema da falta de médicos e a regularização da emergência psiquiátrica e do setor de traumatologia da unidade. A promotora também já se reuniu com o secretário de saúde e com o coordenador de saúde mental de Cabo Frio para que eles respondessem aos  questionamentos do Ministério Público.