Assine Já
quarta, 30 de setembro de 2020
Região dos Lagos
28ºmax
19ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 8402 Óbitos: 437
Confirmados Óbitos
Araruama 1657 103
Armação dos Búzios 500 10
Arraial do Cabo 252 15
Cabo Frio 2765 149
Iguaba Grande 695 37
São Pedro da Aldeia 1353 54
Saquarema 1180 69
Últimas notícias sobre a COVID-19
ministerio

Ministério Público pede esclarecimentos sobre rede municipal de saúde de Cabo Frio

Medida foi tomada após vistoria nesta quarta (18) na Unidade de Pronto Atendimento e no Hospital São José de Operário

19 novembro 2015 - 19h35

O Ministério Público notificou a Prefeitura de Cabo Frio. Após vistoria, na última quarta-feira (18) na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Parque Burle, e no Hospital São José Operário, em São Cristóvão, o órgão deu um prazo de 20 dias para que a Secretaria de Saúde e a Procuradoria Geral se manifestem sobre as irregularidades na pasta. 

A promotora Marcela do Amaral pediu esclarecimentos sobre os motivos que levaram à redução dos valores dos salários dos médicos sem prévio aviso, à suspensão das cirurgias eletivas e à falta de medicamentos e insumos no hospital. Quanto à UPA, foram solicitadas providências para resolver o problema da falta de médicos e a regularização da emergência psiquiátrica e do setor de traumatologia da unidade. A promotora também já se reuniu com o secretário de saúde e com o coordenador de saúde mental de Cabo Frio para que eles respondessem aos  questionamentos do Ministério Público.