Assine Já
quinta, 09 de julho de 2020
Região dos Lagos
25ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Suspeitos: 305 Confirmados: 3286 Óbitos: 192
Suspeitos: 305 Confirmados: 3286 Óbitos: 192
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 274 658 42
Armação dos Búzios X 266 7
Arraial do Cabo 9 83 11
Cabo Frio X 1016 62
Iguaba Grande 13 218 20
São Pedro da Aldeia 2 517 19
Saquarema 7 528 31
Últimas notícias sobre a COVID-19
Operário

Ministério Público adia depoimentos de empresários

Eles seriam ouvidos em inquérito que investiga licitação do Lanche do Operário

30 outubro 2015 - 09h43Por Nicia Carvalho

O depoimento dos donos das empresas A.S. Vieira Santos Bu­ffet ME e A. Martins de Oliveira Bar e Restaurantes, que partici­param da licitação para o Lan­che do Operário, localizado em em Cabo Frio, na Avenida Wil­son Mendes, foi adiado pela 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva do Ministério Público (MP). Eles seriam ouvidos na última terça e ontem. No entan­to, a Folha entrou em contato com o MP, que informou que o adiamento foi motivado por re­manejamento interno.

Devido à proximidade do fim do ano e feriados, não há previsão de nova data. Há duas semanas, em entrevista exclu­siva ao jornal, a promotora Marcela do Amaral afirmou que o inquérito civil foi instau­rado para apurar denúncias de irregularidades na licitação do Lanche.

Além do depoimento das tes­temunhas, o processo está em fase de análise de documentos e até mesmo o Tribunal de Contas do Estado (TCE) será acionado.

– Queremos ouvir as empre­sas, tentar identificar o conluio para identificar provas que indi­quem se houve atos de improbidade e se a licitação tem que ser anulada – explicou a promotora na entrevista.

 

*Leia a matéria completa na edição impressa desta sexta-feira (30)