Assine Já
segunda, 25 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
30ºmax
21ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 22503 Óbitos: 742
Confirmados Óbitos
Araruama 5567 166
Armação dos Búzios 2960 30
Arraial do Cabo 651 33
Cabo Frio 6068 247
Iguaba Grande 1988 50
São Pedro da Aldeia 3048 106
Saquarema 2221 110
Últimas notícias sobre a COVID-19
Marquinho

Marquinho afirma que não teme recursos no TSE: ''Preocupação zero

Liberado pelo TRE-RJ, prefeito eleito afirma que vai começar ‘transição oficiosa’ de governo ainda esta semana

19 outubro 2016 - 10h41Por Rodrigo Branco | Arquivo Folha
Marquinho afirma que não teme recursos no TSE: ''Preocupação zero

No dia seguinte à sessão do TRE-RJ que deferiu o registro de sua candidatura a prefeito de Cabo Frio e validou os 44.161 votos recebidos na eleição do último dia 2, Marquinho Mendes (PMDB) comemorou discretamente o resultado e falou sobre os planos para o período de transição, que ele pretende implantar já esta semana, quando voltar de Brasília, onde atua como deputado.

Para Marquinho, o fato de seus adversários recorrerem ao Tribunal Superior Eleitoral não o assusta. 

– Minha preocupação é zero. O direito está ao nosso favor. Existe jurisprudência – disse, em referência à apertada decisão (4 a 3) sobre o prazo de inelegibilidade referente à sua condenação no processo 101 (abuso de poder econômico e político e mau uso de veículos de comunicação), que foi imposta em três anos a partir de 2008.

Sobre o acesso aos dados da atual gestão, Marquinho disse que espera dificuldades por conta da conturbada relação com Alair Corrêa. De toda forma, o peemedebista disse que vai enviar ofício pedindo informações sobre as contas municipais.

– Acredito que (a transição) não vá acontecer em harmonia. Ele (Alair) não vai querer abrir nenhuma secretaria, ainda mais do jeito que essas secretarias estão. Mas a partir de quinta (amanhã) vamos começar a trabalhar de maneira oficiosa, com os dados possíveis – comentou.

Ele disse ainda que se reunirá em breve com os servidores da Educação, que estão com três meses de salários atrasados. Por fim, Marquinho afirmou que o secretário estadual de Saúde, Luiz Antônio de Souza Teixeira Júnior virá à cidade após o segundo turno das eleições no Rio, que acontecerão no dia 30.

Leia também: 

Adriano joga a toalha, mas Rede e PDT prometem recorrer ao TSE

Procuradoria Regional Eleitoral recorre ao TSE contra deferimento de Marquinho

Por 4 a 3, Marquinho vence no TRE