Assine Já
domingo, 20 de setembro de 2020
Região dos Lagos
22ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7728 Óbitos: 407
Confirmados Óbitos
Araruama 1514 100
Armação dos Búzios 468 10
Arraial do Cabo 215 13
Cabo Frio 2528 136
Iguaba Grande 640 34
São Pedro da Aldeia 1213 50
Saquarema 1150 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
marqueteiros

Marqueteiros preparam estratégias para ganhar o eleitor

Responsáveis pela imagem dos candidatos de Cabo Frio têm diferentes perfis

13 agosto 2016 - 13h54Por Rodrigo Branco | Departamento de Arte
Marqueteiros preparam estratégias para ganhar o eleitor

Seja qual for o ramo do empreendimento, é comum o comentário de que a propaganda é alma do negócio. Obviamente, na política não é diferente. Pelo contrário, há uma preocupação cada vez mais com a imagem dos candidatos nas campanhas eleitorais, ainda que neste ano, com as limitações impostas pela legislação, a previsão seja de gastos mais enxutos.

Sabendo disso, os concorrentes à cadeira atualmente ocupada por Alair Corrêa (PP) já montaram as equipes que serão responsáveis pelo marketing da campanha a partir da próxima terça-feira. Para tentar atrair a atenção do eleitorado, as estratégias de comunicação serão tocadas por profissionais de diferentes perfis.

Os veículos de mídia do pedetista Janio Mendes, por exemplo, estarão aos cuidados de uma equipe de jovens profissionais da cidade, liderados por um dos seus homens de confiança, Marcos Azevedo. Segundo ele, a diretriz principal do trabalho será a integração entre as ferramentas de mídia tradicional como a TV com a internet.

– A ideia é dar oportunidade para novas ideias e novas pessoas. Com a mudança na legislação eleitoral, a gente traz o foco para uma interatividade e integração entre a TV, as mídias tradicionais, as mídias impresfotosas e as redes sociais. A gente vai trabalhar de forma integrada. O que estiver sendo visto na TV, vai ser complementado nas redes sociais – adianta.

Com menos recursos que os rivais e com pouco tempo de exposição na TV por causa da falta de coligações, Cláudio Leitão (PSOL) terá que usar a criatividade para cativar o eleitorado. Para isso, ele recrutou o talento do cineasta e artista multimídia Lucas Müller para a campanha.

– Nas campanhas do PSOL não tem esta figura tradicional do marqueteiro. Não somos e não vendemos produtos de marketing. A linha de comunicação tratará da importância da renovação e mudança dos quadros políticos num momento desolador em que vive o país e o nosso município – salienta Leitão, que também lançará mão de um site para expor suas ideias e programa de governo.

Na mesma situação do PSOL no que diz respeito à escassez de recursos e de tempo de propaganda na TV (deve ter pouco mais um minuto) está Adriano Moreno (Rede). Sobre as estratégias, os coordenadores preferem não abrir o jogo, mas já se sabe que quem vai tocar a campanha é o publicitário de Macaé, João Abreu. Sem deixar de lado a crítica, o candidato anuncia que virá na linha ‘paz e amor’.

– A gente vai ser muito ético até porque eu não entendo de outra forma. Será uma campanha transparente, respeitando o direito de todos. Se você já começa a mostrar dentro das suas propostas e da sua mídia, agressividade e ataques pessoais, já mostra quem você vai ser quando for eleito – diz Adriano.

Medalhões – Enquanto os demais candidatos apostam no sangue novo e na criatividade, Marquinho Mendes (PMDB) e Paulo César (PSDB) delegaram o trabalho de divulgação a profissionais com maior rodagem.

Marquinho terá a ajuda do publicitário mineiro Fábio Valença para tocar sua política de Comunicação. Mas o peemedebista terá como maioria no seu staff profissionais de Cabo Frio, como a jornalista Mayara Brum.

Por sua vez, o tucano contratou para trabalhar na campanha a Agência Nacional Comunicação, que tem as contas de clientes como as Prefeituras do Rio e de Nova Iguaçu e a concessionária de energia elétrica Light.

Quem ficará responsável pela imagem de Paulo César nesta campanha é o experiente marqueteiro Paulo de Tarso Lobão Morais, que já atua em marketing político desde 1987.

Largando por último, a recém-lançada petista Flávia de Jesus ainda não tem o plano de comunicação definido, o que deve acontecer apenas após uma reunião na semana que vem.