Assine Já
quarta, 01 de dezembro de 2021
Região dos Lagos
25ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 53491 Óbitos: 2186
Confirmados Óbitos
Araruama 12497 447
Armação dos Búzios 6580 73
Arraial do Cabo 1754 93
Cabo Frio 15408 901
Iguaba Grande 5564 147
São Pedro da Aldeia 7047 290
Saquarema 4641 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
COMBATE AO CORONA

Macaé anuncia decreto com medidas contra o coronavírus

Texto proíbe eventos com mais de 100 pessoas.

13 março 2020 - 12h02Por Redação

A Prefeitura de Macaé publicará nesta sexta-feira (13) um decreto municipal que trará procedimentos a serem adotados nas áreas de Saúde e Educação para evitar o avanço do coronavírus. O texto também proibirá eventos em locais públicos para mais de 100 pessoas.

Segundo a lista do Governo do Estado divulgada na última quinta-feira (12), Macaé tem um caso suspeito de coronavírus. Em todo o Estado, são 16 casos confirmados e 228 suspeitos. 

A decisão ocorre em função de alguns fatores, como: o estado de pandemia anunciado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), a expectativa da Secretaria Estadual de Saúde no aumento significativo do número de casos, a existência de caso suspeito no município e o fato de Macaé ser uma cidade de grande fluxo de pessoas.

Segundo o texto, "Caberá aos coordenadores do Hospital Municipal São João Batista, Hospital Público de Macaé (HPM), Hospital Público de Macaé da Serra (HPMS), Pronto Socorro Municipal da Imbetiba, Unidades de Pronto Atendimento (UPAS), Pronto Socorro do Aeroporto o cumprimento do decreto nos ambientes hospitalares".

O decreto também prevê, em caso de necessidade, a internação compulsória dos pacientes "que apresentarem clínica compatível e que se recusarem a cumprir as recomendações estabelecidas pela OMS, Ministério da Saúde, Secretaria Estadual de Saúde e Secretaria Municipal de Saúde".

No que se refere a rede pública de ensino, o decreto prevê a adoção da rotina de lavagem das mãos com água e sabão nas escolas, no mínimo três vezes ao dia - na chegada, antes das refeições e na saída - e em caso de sujidade aparente.


Como ação efetiva e obrigatória, está determinada a limpeza de todos os objetos e móveis com álcool a 70% nas escolas e serviços públicos no início de cada turno, assim como a disponibilidade de dispenser de álcool em gel a 70%, acessível e visível, em todos os espaços públicos. Todo espaço público deverá afixar mensagem sobre os cuidados de prevenção sobre o coronavírus, sendo disponibilizada arte como sugestão.

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.