Assine Já
segunda, 28 de setembro de 2020
Região dos Lagos
35ºmax
20ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 8330 Óbitos: 430
Confirmados Óbitos
Araruama 1625 102
Armação dos Búzios 491 10
Arraial do Cabo 252 15
Cabo Frio 2757 145
Iguaba Grande 684 36
São Pedro da Aldeia 1341 54
Saquarema 1180 68
Últimas notícias sobre a COVID-19
RELATOS DE UMA QUARENTENA

Livro de professor de Cabo Frio traz diário crítico sobre sociedade durante período de pandemia

Análises como o aumento do feminicídio e das desigualdades sociais são encontradas no livro

11 agosto 2020 - 13h55Por Redação
Livro de professor de Cabo Frio traz diário crítico sobre sociedade durante período de pandemia

Ele é professor da rede pública de ensino de Cabo Frio e possui três graduações, sendo duas licenciaturas, uma em História, outra em Filosofia e uma graduação como Tecnólogo em Gestão Ambiental.

Acioli Gonçalves da Silva Junior, 42 anos, é autor do livro “Relatos de uma Quarentena”, um diário crítico das sociedades brasileira e mundial feito através de análises durante o período de três meses de pandemia pelo novo coronavírus.

O autor diz que o livro contém análises críticas sobre os mais variados temas e também reúne mensagens de esperança para toda a sociedade.

- O livro traz duas mensagens principais: uma de esperança e outra de crítica social profunda, por meio de uma análise feita através da lente dos olhos de um historiador e filósofo - ressalta.

Acioli também diz que a relevância da obra se dá pelo fato de as pessoas conseguirem analisar tudo aquilo que viveram durante a pandemia. Análises como o aumento do feminicídio e das desigualdades sociais são encontradas no livro. 

- Entre março e junho [período em que o livro foi escrito], concluí que o isolamento social maximizou os casos de desigualdade social. Não são todos os alunos que possuem um computador em casa ou uma boa internet para que possam acompanhar as aulas ministradas à distância - afirma.

Ainda de acordo com o autor, o livro foi inscrito inspirado na esperança de que a humanidade evolua  e que nasça uma civilização melhor após a pandemia do novo coronavírus.

- O leitor pode esperar um livro que narra e analisa criticamente tudo aquilo que ele viveu, viu e sentiu durante a quarentena. Ao mesmo tempo que encontrará textos que transbordam esperança, solidariedade e compaixão. Vai encontrar outros bem críticos do momento atual e das instituições políticas e religiosas -, finaliza.

O livro será lançado no dia 20 de agosto e vendido pelo Mercado Livre, pelo link do Mercado Pago. Em Cabo Frio, a obra estará disponível na Banca do Totonho, na Tabacaria do Forte e através dos contatos feitos pelas redes socais do próprio autor.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.