Assine Já
terça, 22 de setembro de 2020
Região dos Lagos
19ºmax
16ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7847 Óbitos: 412
Confirmados Óbitos
Araruama 1514 100
Armação dos Búzios 473 10
Arraial do Cabo 231 13
Cabo Frio 2555 140
Iguaba Grande 640 34
São Pedro da Aldeia 1284 51
Saquarema 1150 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
esgoto

Língua negra na Praia dos Anjos está com os dias contados

Prolagos apresenta projeto para acabar com despejo de esgoto no mar em Arraial

05 junho 2017 - 09h58Por Rodrigo Branco I Foto: Arquivo Folha
Língua negra na Praia dos Anjos está com os dias contados

Um problema recorrente após os dias chuvosos em Arraial está prestes a ter uma solução. A Prolagos acaba de entregar para a Prefeitura e também para a Agência Reguladora de Energia e Saneamento Básico (Agenersa) um projeto para acabar com o despejo de esgoto na Praia dos Anjos. O presidente da concessionária, Carlos Roma, reuniu-se com o prefeito Renatinho Vianna (PRB) para tratar dos detalhes do assunto.

O início dos trabalhos ainda depende de uma autorização da Agenersa. Serão construídos dois ‘cinturões’ na Avenida da Liberdade, sob a qual passa uma galeria que desemboca no mar. A princípio, a obra não vai acabar com o despejo de águas da chuva nem de sedimentos e detritos das galerias pluviais, mas a expectativa é que, com o fim do despejo do esgoto ‘in natura’, a qualidade da água melhore bastante.

Em uma segunda etapa, a concessionária pretende fazer um levantamento de toda a rede para saber as possíveis influências dos morros na emissão dos dejetos. O valor da obra, que será inteiramente custeada pela Prolagos, não foi informado, mas, segundo a empresa, não pesará no bolso do consumidor.

– Não haverá aumento da tarifa por causa dessa nem de todas as obras que estão previstas como, por exemplo, a da Prainha – garante o diretor de Comunicação da empresa, Ricardo Azevedo.

Crítico do despejo de esgoto no mar desde os tempos em que era vereador, Renatinho não escondeu a satisfação com o projeto em meio aos problemas financeiros enfrentados pelo governo. O prefeito afirmou que a obra será um legado para a cidade.

– O fim definitivo desse despejo de esgoto é uma bandeira que a gente vinha defendendo há muito tempo. Vamos cobrar da Agenersa para que ela libere o quanto antes. A população espera por isso há anos. As águas pluviais ainda vão ser jogadas no mar, mas só de resolver o problema do esgoto já é um alívio – comentou o prefeito.