Assine Já
sexta, 03 de julho de 2020
Região dos Lagos
22ºmax
15ºmin
TEMPO REAL Suspeitos: 325 Confirmados: 2996 Óbitos: 179
Suspeitos: 325 Confirmados: 2996 Óbitos: 179
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 260 584 40
Armação dos Búzios X 250 6
Arraial do Cabo 11 73 11
Cabo Frio X 943 58
Iguaba Grande 13 207 20
São Pedro da Aldeia 24 455 16
Saquarema 17 484 28
Últimas notícias sobre a COVID-19
Arraial

‘Língua negra’ em Arraial e mais algas na Lagoa escancaram saneamento deficiente

Chuva que acentua problemas

15 setembro 2015 - 11h23

RODRIGO BRANCO

 

A chuva insistente que caiu nos últimos dias expôs toda a deficiência do sistema de saneamento básico nas cidades da região e, como de hábito, quem mais sofreu as consequências foi o meio ambiente. Por conta disso, pelo menos dois fatos no fim de semana causaram indignação coletiva e expuseram problemas que em dias ensolarados ficam menos evidentes.

Anteontem, uma grande língua negra apareceu na Praia dos Anjos e teve a imagem divulgada nas redes sociais, irritando os moradores. O esgoto ‘in natura’ saiu de uma galeria que fica sob a Avenida da Liberdade. O presidente da Empresa de Saneamento de Arraial do Cabo (Esac), César Barreto, disse que se trata de um ‘acidente’, cujo alarde na divulgação é ‘político’.

Ele disse ainda que, apesar das dificuldades de investimento, a empresa se movimenta por uma solução.

– Em todo lugar do mundo, quando chove muito, o esgoto corre para onde há recursos hídricos. Acontece que a maré encheu e tirou o tampão de areia que fica na saída do canal – diz ele que admite que, no futuro, o serviço pode ser concedido à iniciativa privada.

Enquanto isso, nas Palmeiras, em Cabo Frio, a proliferação de algas por causa do despejo de dejetos na Lagoa, problema relatado pela Folha em seguidas reportagens recentes, acentuou-se no fim de semana por causa do mau tempo da última semana.

 

*Leia a matéria completa na edição impressa desta terça-feira (15)