Assine Já
quarta, 24 de fevereiro de 2021
Região dos Lagos
30ºmax
21ºmin
Tropical
Tropical mobile
TEMPO REAL Confirmados: 25707 Óbitos: 898
Confirmados Óbitos
Araruama 6639 181
Armação dos Búzios 3173 32
Arraial do Cabo 844 36
Cabo Frio 7163 342
Iguaba Grande 2048 53
São Pedro da Aldeia 3465 126
Saquarema 2375 128
Últimas notícias sobre a COVID-19
política

Lindberg Farias (PT) visita instituições em Campos dos Goytacazes

Senador e comitiva visitam entidades de diferentes setores no norte fluminense 

10 maio 2014 - 15h06
O senador Lindberg Farias (PT), pré candidato ao Governo do Estado, desembarcou na sexta-feira, em Campos dos Goytacazes, para mais uma de suas visitas ao interior do Rio. O primeiro compromisso foi com trabalhadores do MST. Eles reclamaram da falta de água para o consumo das famílias e a para a irrigação e disseram que é necessário investimento em agricultura familiar, escolas e obras de saneamento.
"É urgente implantar uma reforma agrária. Precisamos de serviços de saúde e escolas", disse Elizângela, representante do MST. 
Ela informou que o campo vem sofrendo com o fechamento de escolas.  Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF) e na Universidade Federal Fluminense (UFF), o tema da educação voltou ao centro do debate com estudantes e professores. Em greve desde março, os professores da UENF fizeram um relato das dificuldades de negociar com o governo estadual uma pauta que inclui a reposição de perdas salariais de 1999 e 2013 e o pagamento de 65% pelo regime de educação exclusiva. Durante o encontro com os professores, Lindberg Farias enfatizou a necessidade de recuperar o protagonismo da Uenf, criada por Darci Ribeiro.
O senador ainda se reuniu com o vice- reitor Edson Correia da Silva, que também pediu ajuda para a solução do impasse. Uma das ideias para melhorar a educação no estado seria a vinculação orçamentária, que destinaria recursos específicos para as universidades estaduais.
Na sequência, o senador se encontrou com professores, crianças e adolescentes na sede da Ong Orquestrando a Vida, que utiliza a música clássica como educação. Mas a entidade não está recebendo recursos dos governos estadual e federal.