Assine Já
quinta, 21 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
29ºmax
22ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 21341 Óbitos: 711
Confirmados Óbitos
Araruama 5363 160
Armação dos Búzios 2875 30
Arraial do Cabo 651 33
Cabo Frio 5750 231
Iguaba Grande 1988 50
São Pedro da Aldeia 3048 106
Saquarema 1666 101
Últimas notícias sobre a COVID-19
lei

Lei de Consulta deve ser votada na Câmara de Cabo Frio hoje

Profissionais da Educação querem acabar com sucessivas reeleições nas direções de escolas

19 outubro 2017 - 10h32Por Rodrigo Branco
Lei de Consulta deve ser votada na Câmara de Cabo Frio hoje

A Câmara Municipal de Cabo Frio deve colocar hoje em votação a Lei de Consulta para direção das escolas da rede municipal de ensino. Até o fechamento desta edição, a pauta da sessão não estava fechada, mas a expectativa é que o polêmico assunto entre em discussão.
Em meio à luta para receber os salários até o quinto dia útil e os demais direitos pendentes, os profissionais de ensino querem abolir a prática das sucessivas reeleições para o cargo. Segundo o Sindicato dos Profissionais da Educação (Sepe Lagos), há dirigentes escolares com cerca de duas décadas na função. 
A pressão dos professores sobre os parlamentares tem sido forte nas últimas semanas. Pelas contas do Sepe, oito vereadores, entre governo e oposição, já se comprometeram a aprovar o texto originalmente discutido pela categoria. A proposta também teria o apoio da secretaria de Educação. 
– Tem diretores há 20 anos. Isso é muito ruim porque a pessoa se torna dona da escola e não gestora por um determinado período. Fora que o diretor precisa estar dentro do corpo, pra sentir como funciona, como é voltar para uma sala de aula. A gente acha isso importante para oxigenar a escola – comentou a diretora do Sepe, Denise Teixeira.
Mas até  a aprovação, algumas questões precisam ser discutidas, uma vez que o projeto não é consenso entre os vereadores e também na rede.  Na sessão de terça-feira, havia ônibus vindos do segundo distrito foram à Câmara para manifestar apoio ao atual formato de eleição.
Outro ponto diz respeito a uma emenda da vereadora Alexandra Codeço (PRB), que não penas mantém a reeleição indiscriminada como impede, como preza a nova lei, que toda a comunidade escolar esteja apta a concorrer, desde que tenha formação para tal. 
De todo modo, a promessa é de que a sessão mais uma vez esteja lotada e bastante barulhenta.
Convocação – Pelo menos 460 profissionais da educação aprovados no concurso público realizado no ano de 2009, pela Prefeitura de Cabo Frio, estão sendo convocados para habilitação nos cargos e exames admissionais, com o objetivo de posse imediata. A convocação está sendo feita através do Edital n° 005/2017 e do anexo 1, já disponíveis no site www.cabofrio.rj.gov.br.

 

 

* Matéria completa na edição impressa da Folha dos Lagos desta quinta (19).