Assine Já
sexta, 07 de agosto de 2020
Região dos Lagos
25ºmax
14ºmin
Mercado Tropical
Alerj
TEMPO REAL Confirmados: 4771 Óbitos: 282
Confirmados Óbitos
Araruama 820 56
Armação dos Búzios 357 9
Arraial do Cabo 120 12
Cabo Frio 1563 93
Iguaba Grande 334 23
São Pedro da Aldeia 744 39
Saquarema 833 50
Últimas notícias sobre a COVID-19
Cabo Frio

Lanche do Operário é investigado

Ministério Público apura supostas irregularidades no processo licitatório

24 setembro 2015 - 09h38

NICIA CARVALHO

A Prefeitura de Cabo Frio pode ter mais um problema pela frente. É que, agora, o Ministé­rio Público investiga denúncias referentes ao processo licitatório do Lanche do Operário, antigo Café do Trabalhador, localizado na Avenida Wilson Mendes, no Jacaré. Petição protocolada na 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva do Município, além de apontar supostas irregularida­des, pede suspensão de contrato e indiciamento de envolvidos.

– Vamos aguardar as investi­gações, mas, pelas evidências, acredito na suspensão da licita­ção e na punição dos possíveis culpados – disse o professor Ra­fael Peçanha, autor da petição.

Além de endereços iguais da empresa vencedora e perdedora, o documento expõe, por exem­plo, o fato de a titularidade de uma das empresas pertencer ao pai do secretário municipal de governo e genro do atual pre­feito, Alair Corrêa (PP). Um dos documentos anexados à pe­tição, orçamento feito pela em­presa A.S. Vieira Buffet ME e datado de maio de 2014, consta discriminação de fornecimento de 30.800 unidades diárias de lanche (composto por 300ml de leite com café, pão com mantei­ga e queijo, suco em caixinha de 200ml ou de fruta da época) ao valor unitário de R$ 4,80. Ao longo de um ano seriam pagos pela Prefeitura R$ 1.774.080,00.

Segundo o Ministério Públi­co, o processo foi instaurado e “solicitado cópia do proce­dimento administrativo (licita­ção)” à Prefeitura de Cabo Frio.

O órgão aguarda agora o envio dos documentos. A nota informa ainda que “apenas de posse do material solicitado será possível aferir se há elementos que viabi­lizem a propositura de uma ação civil pública por ato de improbi­dade. E, em sendo, este os casos será requerido as aplicação das sanções do artigo 12, da Lei de Improbidade, dentro de uma óti­ca de proporcionalidade e razo­abilidade, as agentes públicos envolvidos e os beneficiários do ato. Bem como será buscado o ressarcimento de eventuais da­nos suportados pelo erário”.