Assine Já
quinta, 21 de outubro de 2021
Região dos Lagos
20ºmax
15ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52262 Óbitos: 2141
Confirmados Óbitos
Araruama 12321 438
Armação dos Búzios 6516 72
Arraial do Cabo 1720 92
Cabo Frio 14721 876
Iguaba Grande 5469 140
São Pedro da Aldeia 6984 288
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
Geral

Justiça do RJ prorroga prisão domiciliar para presos do semiaberto

Medida vale por mais trinta dias e atinge quem já tem regime aberto

15 abril 2020 - 22h32Por Redação
Justiça do RJ prorroga prisão domiciliar para presos do semiaberto

A Justiça do Rio de Janeiro prorrogou por mais 30 dias a autorização para que os presos dos regimes aberto e do semiaberto e dos beneficiados com livramento condicional permaneçam em suas casas.

A decisão, tomada em função da pandemia do novo coronavírus, foi assinada hoje (15) pelo juiz da Vara de Execuções Penais (VEP), Rafael Estrela. A medida atende aos pedidos feitos pela Secretaria estadual de Administração Penitenciária (Seap) e por 11 promotorias de Justiça do Ministério Público que atuam junto à VEP. As decisões anteriores haviam ocorrido nos dias 18 e 19 de março.

No texto, o magistrado destaca que o governo do Estado publicou, na última segunda-feira (13), o Decreto 47.027, prorrogando as medidas de combate à covid-19 até o dia 30 de abril, objetivando minimizar a circulação e aglomeração de pessoas, com repercussões e orientações que impactam inclusive o Sistema Prisional Estadual, tais como a proibição de visitação a unidades prisionais e o transporte de detentos para a realização de audiências, “que demonstram e reforçam a adoção de medidas que, apesar de excepcionais, se mostram necessárias e urgentes”.

Na decisão, o juiz diz que entendeu que "permanecem presentes as razões expostas anteriormente e ressaltadas no ofício requisitório, a saber, a situação de emergência de saúde pública do Estado do Rio de Janeiro e a imprescindibilidade de adoção de prevenção da doença no sistema penitenciário deste Estado”.

Caberá à Seap dar ciência aos presos a respeito da nova decisão, organizar o retorno às unidades prisionais e comunicar eventuais não regressos na data designada à Vara de Execuções Penais.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.