Assine Já
sábado, 16 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
29ºmax
22ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
ORDEM DE BUSCA E APREENSÃO

Justiça determina contagem e verificação de cestas básicas entregues em Búzios

Após pedido do MP, juiz da 1ª Vara do município decide que levantamento seja feito nos prédios públicos municipais

21 abril 2020 - 13h20Por Redação

O juiz em exercício Danilo Marques Borges, da 1ª Vara de Búzios, determinou nesta segunda-feira (20) uma ordem de busca e apreensão nos prédios públicos municipais, por parte do Ministério Público e de oficiais de Justiça, para contagem e verificação das cestas básicas que estão armazenadas para serem entregues à população carente, durante o período de pandemia de novo coronavírus.

O processo foi aberto a pedido do Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro (MP-RJ), que recebeu denúncias de irregularidades na compra das cestas, feitas sem licitação. Entre elas, há suspeitas de superfaturamento, subcontratação de empresa fornecedora e problemas na fiscalização e contagem das cestas, o que poderia prejudicar a execução do contrato, que prevê a entrega de 19 mil unidades.


Decisão de juiz em exercício determina verificação da quantidade de cestas

Em vídeo publicado nas redes sociais, o prefeito André Granado (MDB) afirmou que serão entregues 3.300 cestas, entre terça-feira (21) e quarta-feira (22), e que desde a semana passada já foram entregues 3.500 cestas.

A reportagem entrou em contato com a Prefeitura de Búzios sobre a decisão judicial e aguarda um posicionamento oficial.

 

 

 

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.