Assine Já
sexta, 14 de maio de 2021
Região dos Lagos
24ºmax
17ºmin
http://www.alerj.rj.gov.br/
http://www.alerj.rj.gov.br/
TEMPO REAL Confirmados: 38176 Óbitos: 1459
Confirmados Óbitos
Araruama 9632 300
Armação dos Búzios 4701 57
Arraial do Cabo 1317 69
Cabo Frio 10146 538
Iguaba Grande 3800 93
São Pedro da Aldeia 5306 227
Saquarema 3274 175
Últimas notícias sobre a COVID-19
ORDEM DE BUSCA E APREENSÃO

Justiça determina contagem e verificação de cestas básicas entregues em Búzios

Após pedido do MP, juiz da 1ª Vara do município decide que levantamento seja feito nos prédios públicos municipais

21 abril 2020 - 13h20Por Redação

O juiz em exercício Danilo Marques Borges, da 1ª Vara de Búzios, determinou nesta segunda-feira (20) uma ordem de busca e apreensão nos prédios públicos municipais, por parte do Ministério Público e de oficiais de Justiça, para contagem e verificação das cestas básicas que estão armazenadas para serem entregues à população carente, durante o período de pandemia de novo coronavírus.

O processo foi aberto a pedido do Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro (MP-RJ), que recebeu denúncias de irregularidades na compra das cestas, feitas sem licitação. Entre elas, há suspeitas de superfaturamento, subcontratação de empresa fornecedora e problemas na fiscalização e contagem das cestas, o que poderia prejudicar a execução do contrato, que prevê a entrega de 19 mil unidades.


Decisão de juiz em exercício determina verificação da quantidade de cestas

Em vídeo publicado nas redes sociais, o prefeito André Granado (MDB) afirmou que serão entregues 3.300 cestas, entre terça-feira (21) e quarta-feira (22), e que desde a semana passada já foram entregues 3.500 cestas.

A reportagem entrou em contato com a Prefeitura de Búzios sobre a decisão judicial e aguarda um posicionamento oficial.

 

 

 

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.