Assine Já
quinta, 24 de setembro de 2020
Região dos Lagos
24ºmax
17ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7942 Óbitos: 418
Confirmados Óbitos
Araruama 1581 102
Armação dos Búzios 477 10
Arraial do Cabo 231 15
Cabo Frio 2555 140
Iguaba Grande 649 36
São Pedro da Aldeia 1284 51
Saquarema 1165 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
condenação

Justiça condena a 17 anos de prisão homem acusado de estuprar mulher em Búzios

Abuso aconteceu em fevereiro deste ano em frente ao filho de 5 anos da vítima

13 julho 2017 - 11h00Por Redação
Justiça condena a 17 anos de prisão homem acusado de estuprar mulher em Búzios

A Justiça de Armação dos Búzios condenou a 17 anos de prisão, em regime fechado, Jonathan Resende de Oliveira, de 27 anos. Ele é acusado de roubar e estuprar uma mulher em fevereiro deste ano numa praia próxima á Geribá, já no limite entre o balneário buziano e Cabo Frio. A vítima foi violentada em frente ao filho de apenas cinco anos. 

A sentença foi dado pelo juiz Marcelo Villas, da 2ª Vara Cível da cidade. Na decisão, o magistrado destacou que a vítima ficou "com sérios transtornos psicológicos, principalmente quando está em vias públicas tem crise de pânico".

"Certamente este crime lhes deixaram traumas para o resto de suas vidas. Pelo exposto, sopesando-se todas as circunstâncias desfavoráveis e a gravidade do delito, entende o juízo que a reprimenda deve ser severa”, manifestou-se.

Na ocasião, Jonathan, acompanhado de dois comparsas, rendeu a mulher e o filho com uma arma de brinquedo e os fizeram de refém no banco de trás do carro da vítima. Após uma série de ameaças, o criminoso roubou os pertences da mulher e a estuprou duas vezes em uma praia afastada. 

Jonathan também é acusado de violentar duas irmãs e de cometer assaltos no balneário. Quando foi preso, em fevereiro, ele chegou a tentar subornar os policiais com R$ 80 mil, mas acabou preso.